Como noticiamos aqui no Digaí, no último dia 24 ocorreu uma das ações mais aguardadas pelos lojistas. A Black Friday, evento que ocorre nos Estados Unidos há vários anos mas que só chegou ao Brasil em 2012. E como já era esperado, as vendas desse ano foram excelentes, com um faturamento de R$ 2,1 bilhões, 200 milhões de reais a mais do que o ano passado.

O portal Black-Friday.Sale produziu e disponibilizou um infográfico com informações sobre o evento. Não só a quantidade de produtos aumentou, mas também o ticket médio, o que demonstra uma propensão do cliente em gastar mais. Comparada a uma sexta-feira normal, as vendas foram 73% maiores na Black Friday, com celulares e eletrônicos sendo os produtos mais adquiridos.

black friday 2017 recorde vendas

Dados da pesquisa

Completando o ranking dos produtos preferidos pelos consumidores, estão os acessórios de moda, livros, filmes e jogos. Somados aos jogos e eletrônicos, essas categorias somam 64% da preferência do público. Restaurantes e alimentação, em contrapartida, aparecem com apenas 1% das compras, sendo a categoria menos relevante.

A pesquisa também fez uma comparação entre as compras do dia 24 e do dia 10 do mesmo mês, a fim de analisar a evolução da preferência do público. Na segunda semana do mês, o ticket médio era de R$ 335,00, e duas semanas depois esse valor subiu para R$ 578,00. Isso mostra que o consumidor esperou até a data exata da Black Friday para adquirir os itens de desejo.

black friday 2017 recorde vendas 01

Dispositivos mais utilizados

O dispositivo mais utilizado na jornada de compra do consumidor foi o desktop, sendo preferido por 61% das pessoas. Assim como o ano passado, as mulheres compraram mais do que os homens, e elas foram responsáveis por 56,5% das vendas. Em dinheiro isso é equivalente a um montante de 1,18 bilhões de reais.

A faixa etária que mais aproveitou o evento foram as pessoas entre 25 e 34 anos. De todas as compras, 48% foram desse público, 26% dos jovens entre 18 e 24 anos, e 17% de quem tem entre 35 e 44 anos. Os idosos, aqueles com mais de 65 anos, gastaram um total de 2,1 milhões de reais, valor superior à Black Friday do ano passado.

E aí, amigo, como foram as vendas da sua empresa na Black Friday?