Já passou por aquela situação em que um amigo para uma conversa com você, pega o celular e boomm! Começa a responder disparadamente um turbilhão de notificações? É papinho no WhatsApp, postagem de status no Facebook, selfie para Instagram e mais umas e outras prioridades que a nossa vida virtual parece exigir.
 
Bem, acredito que a grande maioria já passou ou vai passar por essa situação. Segundo a Anatel, até outubro/2014 o Brasil possuía mais de 279 milhões de celulares. Não é atoa que planos de internet das operadoras tem grande adesão do público. Fala-se até que, além do porquê de estarmos numa era conectada, mais um motivo vislumbra o uso da internet móvel: as altas taxas de reclamações nos serviços de ligações – que colocam a Internet móvel como alternativa de comunicação.
 
Sabem aquele vídeo viral da comediante Tata Werneck que na cena de casamento necessita do ar virtual para se sentir completa? Ela (a noiva) entra com o pai e O CELULAR dando início a uma enxurrada de postagens online do evento que ali está acontecendo. Mas por que ela não podia realizar a postagem depois da cerimônia? Apesar deste vídeo ser uma forma engraçada de comportamento, podemos refletir a situação e vermos que isto não é algo que acontecerá no futuro, e é sobre como melhorar o comportamento virtual através dos dispositivos móveis que vamos tratar neste artigo.
 
O aumento de publicações online tem ocasionado uma grande mudança no comportamento das pessoas. Existe um relatório que mostra em detalhes o nível comportamental no mundo virtual por meio dos dispositivos móveis. O TNS Digital Life envolveu aproximadamente 50.000 entrevistas com pessoas de mais de 40 países e você pode acessar o resultado deste estudo aqui . Vale muito a pena conferir.
 
Essa portabilidade, que permite um maior e mais frequente alcance aos dispositivos móveis, faz com que os usuários permaneçam cada vez mais online e com acesso mais constante, principalmente em redes sociais. E para promover um comportamento mais adequado, confira 4 dicas básicas para um comportamento no mundo mobile:
 

1-  Economize bateria

 
Desligue GPS, bluetooth e demais redes, enquanto você não estiver utilizando.
 

2- Só baixe arquivos e aplicativos confiáveis

 
Isso serve para e-mails e dowloads em geral. Tenha certeza da confiabilidade do site ou aplicativo e só baixe arquivos digitais com essa segurança. Na dúvida, sempre pergunte ao amigo se ele realmente enviou algum arquivo para você e veja se o seu dispositivo tem espaço suficiente na memória e que não comprometerá o desempenho do seu dispositivo.  Se não sabe ver essas configurações, convide alguém para te ajudar, será mais uma oportunidade para trocar ideias.
 

3- Não precisa relatar toda a sua rotina nas redes sociais

 
Procure fazer postagens mais construtivas, a consequência dessa atitude mostra mais personalidade e o quanto és criativo . Além do mais, evita ações de pessoas mal intencionadas(pesquise e acharás documentários contando inúmeros exemplos do prejuízo de pessoas vítimas de assaltos ou outro tipo de situação negativa por conta do simples fato de ter postado online  informações da sua rotina). Informação é ouro.
 

4 – Para finalizar, pergunto:

 
Será que você está viciado e/ou dependente quanto ao uso do celular? Quantas vezes por dia você o utiliza? Bem, para essas respostas, encontrei uma solução: o aplicativo  Break Free . É um aplicativo que mede a sua produtividade ‘móvel’ medindo até quantas vezes você desbloqueou a tela do seu celular. Com os resultados, dá para você fazer uma reflexão precisa da sua situação. O aplicativo é em inglês e possui uma interface bem intuitiva. No mercado de aplicativos temos mais opções interessantes com esta mesma finalidade.
 

Conte-nos sua experiência.
 
Além disso, aproveito para deixar um vídeo bastante compartilhado nas redes sociais que reflete bastante essa tema. Ainda não viu? Confere aqui: