A maior empresa de mídia do mundo, segundo o ZenithOptmedia. A empresa de maior valor de mercado, segundo a Forbes. Seu principal produto, a ferramenta de busca, acumula mais de 3 bilhões de consultas por dia. Estas são apenas algumas das classificações e estatísticas do qual o Google faz parte.

 

Fundado em 1998, por Larry Page e Sergey Brin, o Google cresceu rapidamente, atrelado ao desenvolvimento e aquisição de dezenas de produtos – uns que rapidamente emplacaram, outros que foram descontinuados antes mesmo de atingir o ápice do sucesso de público e de crítica especializada.

 

Mas estamos aqui pra falar dos produtos que resistiram e costumam proporcionar excelentes resultados aos seus usuários. Por isso, o Digaí selecionou algumas ferramentas que com certeza auxiliarão você a melhorar o desempenho de seu negócio no ambiente digital.

 

Google Trends

 

Com o Trends, você pode descobrir  a tendência de busca dos internautas, ou seja, saber quais os assuntos mais procurados em determinado período e quais as palavras que os internautas costumam utilizar para fazer a busca, podendo ainda fazer comparações entre termos. Esta ferramenta com certeza ajudará a definir palavras-chave para otimização de posts, além de auxiliar quem quer iniciar um projeto no ambiente digital e está indeciso sobre qual tema é de maior interesse pelo público.

 

 

Google Analytics

 

Mensurar o desempenho de seu blog ou loja virtual, é muito importante para que se possa desenvolver, de forma contínua, estratégias para que o site tenha um desempenho cada vez mais satisfatório e significativo.

 

Com o Analytics é possível obter estatísticas sobre o comportamento dos internautas ao acessar o site, tais como: principais horários e principais regiões de acesso, quais os caminhos de acesso ao site (Facebook, busca do google), sendo possível observar  o comportamento dos usuários em relação à visitação de páginas , duração média das visitas, no caso de ecommerce, em que momento do processo de compra o internauta abandona o carrinho, e muitas outras informações que a ferramenta oferece (MUITAS MESMO!).

 

Para criar uma conta, é só acessar este link e clicar em “criar uma conta”, fazer o login com sua conta do Google, inserir dados como nome e URL do site, inserir o código gerado pela ferramenta no HTML do site (em todas as páginas) ou se for o caso, no CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo, tipo WordPress) do site.

 

 

Webmaster Tools

 

O Webmaster é um conjunto de ferramentas criadas para auxiliar desenvolvedores a analisar a estrutura de seus sites e otimizar SEO e outros pontos do site, com a finalidade de melhorar a qualidade do site para os algoritmos do Google e alavancar a posição do site nas buscas orgânicas.

 

Para começar a utilizar, clique aqui.

 

 

Google Maps

 

Esta ferramenta é importantíssima para que seus clientes localizem sua empresa e saibam informações como o horário de atendimento e telefones para contato, além de facilitar um potencial cliente ou colaborador a saber exatamente onde se localiza o seu negócio.

 

Para inserir sua empresa no Google Maps ou, caso ela já esteja, para reivindicar o domínio sobre os dados expostos, basta clicar aqui, fazer login com sua conta do Google. e preencher os dados referentes a empresa. Como o Google é uma empresa super conservadora dos meios tradicionais de comunicação Você precisará esperar aproximadamente 10 dias para receber um cartão postal contendo o código de confirmação, sendo este necessário para ativar definitivamente o endereço.

 

 

ferramentas do google

Cartão postal

 

YouTube

 

O Youtube é, atualmente, a 3º principal fonte de obtenção de informação utilizada pelos brasileiros, perdendo apenas para a TV aberta e para o Facebook.

 

Não à toa, é bastante utilizado por alguns dos principais profissionais de marketing digital do país como Conrado Adolpho e Camila Porto, que, assim como outros, perceberam que o brasileiro gosta de vídeo, gosta da experiência diferenciada que um vídeo pode proporcionar ao transmitir um mesmo conteúdo.

 

 

Hangouts

 

O Google Plus não emplacou, nem entre as empresas, nem entre os internautas, mas falo desta rede por causa de uma ferramenta em especial: o Hangouts.

 

Essa ferramenta é simplesmente demais, principalmente quando o trabalho é desenvolvido home office, ou quando é necessária uma reunião de emergência. Nesse caso, cada conversa é limitada a 10 pessoas.

 

Outro uso bastante forte é para webinários, em que você pode ter 10 palestrantes e milhares de expectadores. Clique aqui e conheça mais sobre o uso de Hangouts como plataforma de webinário.

 

 

Full Value of Mobile

 

Este é um serviço com a finalidade mensurar o impacto das campanhas de publicidade mobile feita com as ferramentas do Google. Possui uma calculadora que pode ajudar profissionais de marketing a acompanhar os efeitos das campanhas feitas em plataformas como o Youtube e pode ajudar a mensurar os resultados de campanhas feitas por um ecommerce para mobile devices, por exemplo.

 

Para acessar acessar a ferramenta, clique aqui.

 

 

Google Adwords

 

Como alguns já devem saber, o Google trabalha com a busca orgânica (gratuita) e a paga. Para estar no topo da busca orgânica, atributos como a relevância dos conteúdos do site e a definição de palavras-chave consistentes com o conteúdo são apenas 2 dos vários critérios utilizados pelo algoritmo do Google para definir a ordem em que os posts aparecerão na busca gratuita.

 

 

ferramentas do google 2

 

 

Porém, se você quiser que seu link apareça em posição de destaque, pode optar pela utilização do Google Adwords, com o qual, após vencer um leilão pelo espaço de destaque, você pagará um valor determinado pelo Google para cada clique que seu link tiver. Este valor é definido a partir de um cálculo que leva em consideração a proposta do anunciante, as propostas concorrentes e a qualidade do conteúdo do seu link.

O leilão é realizado automaticamente cada vez que um internauta digita um termo de busca, sendo muito importante que, na hora de iniciar uma campanha as palavras-chave sejam muito bem definidas, para que, caso vença a concorrência pelo espaço, seu anúncio seja relevante para o internauta, e, caso ele clique, o valor que você terá que pagar ao Google não seja em vão.

 

Além da rede de pesquisa (Busca, Imagens, Maps), estar no Adwords também é necessário se você quiser participar dos leilões da rede de display do Google (aqueles banners chatos que ficam nos cantos dos sites e propagandas que antecedem o vídeo no Youtube).

 

Para começar a utilizar o Adwords basta acessar este link, fazer login com a conta do Google, escolher o país, o fuso horário e a moeda de transação (estas informações não poderão ser alteradas posteriormente) e pronto, você pode começar a criar campanhas.

 

Gostaria de indicar alguma outra ferramenta? Conta pra gente!