E eis que em pleno século 21 ainda tem quem ache que se o homem faz o jantar em casa ele deve receber homenagens.

 

Em comemoração à super bola fora da Risquè e às maravilhosas reações que o fail gerou no Twitter (#homensrisque) eu lembrei de compartilhar com vocês uma lista bem interessante que o próprio Twitter organizou recentemente. O microblog divulgou os principais temas discutidos, hashtags compartilhadas e perfis influentes quando o assunto é direitos iguais entre homens e mulheres.

 

 Quem são os mais influentes?

 

Segundo o Twitter, a conversa sobre o termo “feminismo” subiu 300% nos últimos três anos. Os principais perfis instigando o tema ultimamente têm sido os da atriz Emma Watson, da cantora Beyoncè Knowles e da ativista Malala Yousafzai. Watson tem 17 milhões de seguidores e é embaixadora da campanha #HeForShe da ONU por igualdade de gêneros. Beyoncè é a diva do girl power e seus 14 milhões de seguidores no Twitter contribuem e muito para a discussão do tema. Malala é só a pessoa mais nova a receber o Nobel da Paz. Ela comanda o fundo que luta por recursos para educação de meninas.

 

Quais são as hashtags mais usadas?

 

Uma marca que se destacou na lista do Twitter por abordar o empoderamento feminino foi a Dove (presta atenção, Risquè). A fabricante se associou ao microblog para a campanha #SpeakBeautiful. A ideia é estimular mulheres a tuitarem o que elas acham bonito nelas e em outras mulheres.

 

Com o fracasso da campanha da Risquè a hashtag #homensrisque acabou passando rapidamente de piadas contra a marca de esmaltes para protestos sérios contra o machismo e a violência contra a mulher. O que, no final das contas, acabou sendo interessante para uma reflexão sobre o tema.

 

No seu resumo, o Twitter listou as principais hashtags utilizadas para discutir questões de igualdade. A minha favorita é a #AskHerMore, que pede que veículos de imprensa façam perguntas relevantes a atrizes e artistas em grandes premiações e não só o velho “qual estilista você está usando hoje?”.

 

Segundo o Twitter, a hashtag de temática feminista (humanitária, eu diria) mais poderosa foi a #BringBackOurGirls, com mais de 4,5 milhões de citações no mundo inteiro. A campanha protesta contra o sequestro de meninas na Nigéria. Outras hashtags destacadas pelo Twitter são #YesAllWomen, #YouOkSis e #NotBuyingIt.

 

No Brasil, podemos destacar as campanhas #ChegadeFiuFiu, contra o assédio, e a #NaoPercaoRespeito da Onu Mulheres no Carnaval.

 

E aí, rapazes e moças, que outras campanhas pró-igualdade vocês acham interessante?