Que a forma de se comunicar mudou, todos nós sabemos. Mas já parastes pra pensar em quantas formas diferentes você e sua empresa podem se relacionar com seu público?

Hoje em dia, existem dezenas, se não centenas, de meios que podemos falar com o nosso possível cliente sem gastar muito. Dentre eles, temos a Narrativa Transmídia, que não é exatamente nova, mas ganhou seu destaque, a boca e o coração de todo mundo nos últimos anos.

Pra podermos avançar pra parte em que te digo o que a Transmidia pode fazer pra sua empresa, temos primeiro que conhecer e entender ela melhor.

A TRANSMÍDIA

A palavra ‘Trans’ significa transição, ou aquilo que transita e ‘mídia’ vem de ‘media’ que significa os vários meios de se comunicar algo. Com isso, Transmídia nada mais é do que um jeito de fazer uma informação transitar de um meio pro outro.

Além da transição, e necessário também que a informação se adapte de acordo com a próxima mídia a qual ela será exposta. Por exemplo, não dá pra trazer uma comunicação off-line pra uma online sem que haja alguma mudança, pois, apesar de o público, na maioria das vezes, ser o mesmo, a forma como eles se comunicam no online é diferente do off-line.

Vamos pros exemplos bem práticos e conhecidos:

A produção “Matrix” é uma obra prima Transmidiática. São 3 filmes, 9 desenhos, história em quadrinho e um jogo.

No decorrer de cada mídia, é contada outra parte da história que faz perfeito sentido se for vista isoladamente, ou seja, não é preciso você acompanhar fielmente todas as plataformas pelas quais a história é contada. Se assistires somente os filmes, ler somente a HQ, ou apenas jogar o jogo, não vai limitar o conteúdo.

Porém, se você optar por acessar todas as mídias para aprofundar seu conhecimento na história, com toda a certeza que vais ter uma experiência muito mais única e completa, pois, a partir daí, você irá conhecer e ligar todos os pontos que a história proporciona.

Claro que o exemplo de Matrix é mais para quem quer contar histórias e não para quem quer necessariamente vender, só que quem foi que disse que não dá pra contar uma história e vender ao mesmo tempo? Porém, esse assunto podemos abordar em um outro momento.

TRANSMÍDIA PARA EMPRESAS

Agora que o conceito de Transmídia já está grudado na cabeça, vamos entender melhor como colocar ela em prática na sua empresa:

Quando falo em fazer uma campanha ou ação de Narrativa Transmídia para meus clientes, a maioria logo pensa que é necessário uma verba exorbitante, que só as empresas de grande porte podem colocá-las em prática. Só que não é bem assim.

O momento tecnológico e criativo em que a gente vive hoje nos permite ter acesso a ilimitadas formas de propaganda com custo e benefício que cabem no bolso, independente se sua empresa é de pequeno, médio ou grande porte. E é nisso que vamos nos aprofundar melhor agora.

Obs.: Para os exemplos e ideias abaixo, vamos deixar em mente que todas as empresas já tenham uma página ativa no Facebook.

TRANSMÍDIA PARA PEQUENAS EMPRESAS

Abuse das redes sociais como o Facebook, ele é gratuito e te permite uma interação muito maior com teu cliente. Faça promoções divertidas que tragam eles do online para o off-line e vice-versa. Exemplo:

Você tem um carro de lanches que toda semana está em um lugar diferente da cidade, você tem uma clientela boa e quer encontrar um jeito mais interativo de se comunicar com eles. Por que não fazer uma Caça ao Lanche?

Você pode fazer um cartaz e prender ele no seu carro onde todos os clientes possam ver, nele estará o Facebook do seu negócio e uma descrição sobre a “Caça ao Lanche” para seus clientes, por exemplo:

“Manda pra gente ‘ONDE ESTÁ MEU LANCHE?’ por mensagem no Face, desvende a charada, descubra onde vamos estar semana que vem e ganhe o Lanche da Semana!”

Dependendo da quantidade de mensagens e sabendo que geralmente as pessoas vão acompanhadas, você está garantindo mais engajamento, interação e, quem sabe, mais vendas.

O custo por tudo basicamente ficaria:

  1. Cartaz

Dica: Pesquise sempre o que as empresas concorrentes estão fazendo e o que os clientes delas estão falando, tanto positivo quanto negativo.

TRANSMÍDIA PARA MÉDIAS EMPRESAS

As empresas de médio porte podem arriscar um pouco mais e fazer vídeos para internet acompanhada de alguma rede social:

Digamos que você tem uma loja de roupas, acabou de chegar uma coleção nova, você quer vender as peças antigas e que as pessoas vejam as novas. O pensamento inicial é colocar algum cartaz na frente da loja ou criar um post no Facebook ou Instagram, certo?

Você pode fazer um vídeo simples e rápido dizendo que chegaram novas peças e que, por causa disso, está rolando desconto relâmpago nas peças antigas através do Snapchat!

Chegando no Snap, você faz o review de cada peça com o desconto do dia, visto que no Snap os vídeos e fotos são excluídos após 24h, ou seja, a promoção irá ser válida apenas por um dia. Nisso, as pessoas tiram o print da peça que tem interesse, vão até a loja física, e ganham o desconto na roupa. Ainda aproveitam para conhecerem a nova coleção. Você pode fazer isso todo dia, trazendo um desconto diferente toda vez.

O custo por tudo basicamente ficaria:

  1. Vídeo
  2. Patrocínio do vídeo nas redes sociais (opcional)

Dica: Claro que antes de qualquer ação ou campanha, conhecer seus clientes é fundamental. Faça sempre uma pesquisa de mercado e segmente bem sua campanha.

TRANSMÍDIA PARA GRANDES EMPRESAS

Às vezes, pra mim, quanto maior a empresa, mais difícil fica de pensar em uma Narrativa Transmídia. Talvez porque é preciso de uma equipe maior e mais tempo de planejamento, ou porque nunca tive a oportunidade de participar de uma ação dessas grandes.

Vou, então, dar o exemplo de uma das ações de Transmídia que mais gosto:

Em 2013 foi lançado o filme Faroeste Caboclo (que só o filme já é uma Transmídia por ter sido originalmente uma música do Legião Urbana), paralelamente, no mesmo ano, o jornal Notícias Populares iria completar seus 50 anos se ainda estivesse em circulação.

O jornal era muito conhecido por fazer matérias violentas e a produção do filme decidiram fazer uma última triagem do jornal com notícias todas baseadas no filme. O resultado você confere no vídeo abaixo:

 

 

O custo por tudo basicamente deve ter sido:

  1. Cachê dos envolvidos
  2. Jornal
  3. Vídeo
  4. Publicidade

A ação não foi muito comentada nas redes sociais, mas acredito que esse tenha sido o propósito, já que a maioria que consome essa mídia é a geração antiga, aquela dos seus pais e avós. A ação foi voltada pra eles.

Dica: Não tenha medo de arriscar!

CONCLUSÃO

Viu como não é necessário ter muito dinheiro pra meter a cara na Transmídia? Com ideias simples e criativas você consegue atingir seu objetivo, independentemente de qual porte sua empresa seja! Tá esperando o que que ainda não começou a planejar sua ação?

Diz também pra gente qual a melhor ação Transmídia que conheces!