Se você deseja ter sucesso com seus vídeos online, há alguns caminhos que devem ser trilhados. Hoje vamos falar da primeira etapa: o planejamento.

 

Produzir vídeos é uma tendência de comunicação que cada vez mais está sendo adotada pelas empresas. O objetivo é divulgar os produtos e serviços, e como resultado alcançar novos clientes e aumentar a credibilidade.

 

 

 

Video Marketing: o caminho para o sucesso digital

Utilize vídeos online no seu marketing digital

 

 

Uma pesquisa feita pelo ReelSEO revelou que 93% dos profissionais de marketing estão usando conteúdo de vídeo em suas campanhas. E melhor, 82% deles afirmaram ter tido um impacto positivo sobre a empresa.

 

O resultado favorável à utilização de vídeos começa com um bom planejamento estratégico. Através dele é possível economizar tempo e dinheiro com produções que não trarão resultados efetivos.

 

Para montar seu planejamento de vídeos, responda a essas perguntas:

 

1. Por que devo investir em vídeos online?

 

Veja as estatísticas abaixo:

 

  • Brasil é o sétimo maior mercado de vídeo online no mundo (comScore Video Metrix 2013);
  • Mais de 43 milhões de pessoas assistem vídeos online (comScore Video Metrix 2013);
  • 61% dos brasileiros usam o computador ou laptop enquanto assistem TV (pesquisa IAB);
  • 60% das pessoas preferem assistir vídeo ao invés de ler lexto (estudo Bubobox);
  • Mais de um bilhão de usuários únicos visitam o YouTube todos os meses (YouTube).

 

Veja mais estatísticas neste infográfico sobre vídeo marketing.

 

2. Como o mercado em que eu atuo está utilizando essa estratégia?

 

Faça uma pesquisa de mercado. Essa ação vai lhe ajudar a entender como as empresas estão utilizando esse recurso para atrair mais clientes. O famoso ‘benchmarking’ é essencial em qualquer planejamento estratégico.

 

Acesse o site de concorrentes e parceiros e monte um arquivo com o registro do que mais lhe chamar a atenção.

 

Veja também referências de empresas que relataram sucesso utilizando o vídeo marketing. Um exemplo é o vídeo da marca de caminhões Volvo, que foi o mais compartilhado do Youtube no mês de novembro desde ano. Foram 2,7 milhões de compartilhamentos.

 

 

Aqui você encontra outros exemplos de sucesso.

 

É claro que o investimento feito no vídeo da Volvo não é uma realidade para muitas empresas. Mas pense no vídeo como inspiração. A história que conecta o personagem com o histórico da marca é fantástico.

 

Uma estrela do cinema dos anos 80, agora com 53 anos de idade, conseguiu fazer umas das coisas mais incríveis da sua carreira. Jean-Claude Van Damme fez espacate entre dois caminhões em movimento, recitando sua filosofia de vida. A proposta do vídeo foi demonstrar a precisão e a estabilidade dos novos modelos da marca.

 

Em um ponto todos devemos concordar: investir em qualidade é essencial, mas é uma boa história que leva a tantos compartilhamentos. E para a criatividade não há barreiras, não é? 😉

 

3. Qual o resultado que eu espero?

 

Para responder essa pergunta, você deve antes fazer uma avaliação da sua estratégia de marketing digital. Entenda a necessidade e decida seu objetivo. E quais objetivos você pode querer ter:

 

    • Aumentar a audiência do site;

 

    • Converter audiência em clientes;

 

 

    • Divulgar a sua marca, tornando-a mais conhecida;

 

    • Divulgar um produto ou serviço específico;

 

    • Aumentar o número de assinantes de newsletter;

 

  • Ter mais assinantes de RSS no seu blog.

 

4. Como e por onde começar?

 

Depois de ter decidido seu objetivo é preciso traçar as estratégias que serão usadas para alcançá-lo e definir o budget (orçamento) do projeto.

 

Vejas as ações que contemplam esta fase:

 

Definir:

 

  • o(s) tipo(s) de vídeo(s): videoaula, webseries, jornalístico, depoimento, corporativo, storytelling (contando uma história), vendas, teaser (suspense, provocação), animação, treinamento, etc;
  • a linguagem de acordo com seu público-alvo;
  • a quantidade de conteúdo que será gerado e a periodicidade;
  • cronograma de produção de conteúdo;
  • o(s) tema(s);
  • se vai montar uma miniprodutora de vídeo na empresa ou se vai terceirizar o serviço para dar conta da demanda;
  • a(s) plataforma(s) de hospedagem de vídeos;
  • a distribuição dos vídeos em sites, blogs, redes sociais, email marketing, mobile, aplicativos, TV, etc;
  • o acompanhamento da audiência e mensuração de resultados.

 

O caminho parece ser longo, mas seguindo passo a passo você fará um excelente marketing de conteúdo! Pronto para a ação? Conte-nos como está indo seu processo. Até a próxima! 😉