Em seu artigo para FastCompany, Alex Banayan, fala sobre o livro de Gary VaynerchukJab, Jab, Jab, Right Hook (Jab, Jab, Jab e Gancho de Direita, em tradução livre, ainda sem edição em português) que compara mídia social com… boxe.

 

Neste livro, Gary, que é considerado uma das pessoas mais influentes nas mídias sociais do mundo quando se trata do seu assunto preferido, vinhos, fala sobre erros que muitos de nós cometemos ao usar mídias sociais. E para quem não quer perder os seus conselhos valiosos, aqui estão os 7 erros em social media que ele listou:

 

 

Social media fail

 

 

 

 

 

1. Você está falando a língua errada

 

Assim como não dá pra falar francês no Japão e esperar ser uma pessoa popular, segundo Vaynerchuk, há um conteúdo social “nativo” para cada plataforma. Se você quer atingir pessoas que buscam imagens descoladas, com cara de arte urbana e curtem GIFs animados, corre para o Tumblr. Já se busca um público mais cult, urbano e irônico, use o Twitter.

 

 

2. Sua estratégia de publicidade é do tempo em que a TV foi lançada

 

Não. Não seja um intervalo comercial no meio da diversão. Seja a própria diversão. Sabe o pessoal do Porta dos Fundos? Eles estão fazendo isso muito certo. Até tem anúncio publicitário, mas é tão engraçado e divertido que ninguém entende como se isso estivesse “cortando o barato”. Não interrompa as pessoas que estão procurando coisas legais para compartilhar com os amigos no Facebook com um anúncio de revista que nem cabe na timeline.

 

 

3. Você é tudo “gancho de direita”

 

Eu explico: Sabe a piadinha do Banco do Brasil com o Playstation 4? Ela foi o gancho de direita. Algo que fez a diferença. Se depois disso surgissem mais 6 piadinhas do Banco do Brasil com Playstation 4 porque em “time que está ganhando não se mexe”, ninguém ia compartilhar. Tem que ter conteúdo normal para a grande sacada se destacar. Se tudo é destaque, nada se destaca.

 

 

4. Você está tentando criar a onda

 

A ideia é aproveitar o que as pessoas estão falando, aquilo que está rolando na rede e não querer criar um meme engraçadinho do nada. A não ser que você seja um astro do pop, ou fale algo muito, muito errado para virar piada (o que não vai ser bom para a sua imagem, lembra da Luíza no Canadá?) tentar criar a onda em vez de surfar nela vai gastar muito tempo para pouco resultado.

 

 

5. Seus tweets são invisíveis

 

Quando você inicia um tweet com “@” isso fica invisível no fluxo do seguidor, faz parte de uma conversa que não interessa os demais. Quer citar algo ou alguém com uma marcação? Faça isso no meio do post ou no fim dele pra fazer seu tweet visível para todo mundo que te segue.

 

 

6. Você acha que Snapchat é uma modinha passageira

 

Sabe o Snapchat? Não? Consegue mesmo ignorar algo que trafega 400 milhões de mensagens por dia e cujo público principal é de pessoas entre 13 e 25 anos sem ter dor na consciência?

 

Isso é snapchat. Ainda não conhece?

Isso é Snapchat. Ainda não conhece?

 

Não subestime e ignore novas redes sociais só porque elas são novas. Confira os números. Se você joga só pelo seguro pode acabar perdendo o melhor momento para atingir quem você quer.

 

 

7. Você acha que é um super criativo e sabe de tudo sobre o assunto

 

A cada minuto são enviados 100.000 tweets e você acredita mesmo que enquanto isso acontece você tem condições passar 3 dias numa campanha de marketing digital? Velocidade é tudo.

 

E então, já cometeu esses erros? Já cometeu outros? Conta pra gente o que você faz pra não cair nessas armadilhas dos erros em social media!