Numa estratégia de marketing digital, o Facebook é uma importante ferramenta para geração de fluxo de visitas ou até de criação de leads. Dentro do contexto geral do marketing digital, porém, ele faz parte de um composto em que devem estar outras fontes de tráfego, como Google, Twitter, Pinterest, Youtube e os blogs.

 

Como o Facebook acaba sendo enfatizado, não é de se admirar que poucas empresas saibam como utilizar os blogs profissionais de maneira eficiente, tendo em vista que muitas delas desconsideram a força e o valor estratégico dessa ferramenta.

 

Cortesia do Stuart Miles / FreeDigitalPhotos.net

Cortesia do Stuart Miles / FreeDigitalPhotos.net

.

 

Vou ressaltar abaixo algumas vantagens, dentre as várias existentes:

 

  • Criação de conteúdo relevante para sua audiência

  • Aumento da chance de ser indexado no Google, através das inúmeras páginas criadas, gerando relevância para o gigante das buscas

  • Melhor rankeamento e otimização das palavras-chave pertinentes ao seu negócio

  • Posicionamento na mente do consumidor como especialista no setor onde atua.

  • Criação de empatia com o público que irá encontrar respostas para as principais perguntas de maneira simples e gratuita.

 

 

A estratégia de compartilhamento de informações do mercado através de um blog profissional é defendida por Chet Holmes, que publicou o livro de título duvidoso, mas de conteúdo fantástico – The Ultimate Sales Machine.

 

De acordo com o autor, quando você comunica seu produto para uma audiência, no momento da compra, apenas 3% está realmente querendo comprar algo, conforme mostra a pirâmide abaixo:

.

Piramide Chet holmes

.

Nesse contexto, em que 90% da sua audiência não está interessada no produto, fazer como a maioria das empresas, que passam o dia compartilhando banners promocionais, descontos, fotos de produtos, preços, etc. no Facebook, é um desperdício tanto do seu tempo, quanto do seu potencial cliente.

Na prática conheço poucas pessoas que não se sintam bombardeadas pela quantidade excessiva de propaganda, vindo em todas as direções, seja pela TV, outdoors, rádios; e com o fenômeno das redes sociais e o baixo custo (relativo) de divulgação na internet a coisa só piorou.

Um bom blog profissional é criado pensando em um cliente específico do seu produto ou empresa, que chamamos de persona. Essa persona, completamente identificada, irá ajudar a direcionar a cobertura que seu blog dará a determinados temas importantes no setor onde sua empresa atua.

 

Criar um blog é simples, mas requer atenção em alguns pontos como:

 

  • Não fale da sua própria empresa ou do serviço que oferece

  • Evite compartilhar sucessos obtidos

  • Não divulgue sob nenhuma hipótese qualquer tipo de banner de produtos/serviços pagos

  • Fale de como resolver problemas reais no setor onde atua

  • Compartilhe informações valiosas e importantes

  • Divulgue conquistas do mercado ou de algum órgão representativo que irá gerar vantagens para todos

  • Compartilhe oportunidade de treinamento e cursos

  • Ofereça seminários via web, os chamados webinars

 

.

A parte mais difícil do blog profissional é começar, mas tenha em mente que essa é uma estratégia de médio prazo e requer paciência e trabalho constante.

Espero que essas dicas ajudem na promoção de uma estratégia de marketing mais consciente e que gere resultados duradouros. Boa sorte!