O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em parceria com a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), criaram um novo programa, o Nexos, cuja proposta básica é otimizar o relacionamento entre pequenas, médias e grandes empresas.

O objetivo do Nexos é incentivar o investimento em soluções criativas de startups, que servirão como resolução para problemas existentes nas médias e grandes empresas investidoras.

É estimado que em 2019 o programa gere investimentos de até R$ 25 milhões em startups através da conexão com as grandes corporações.

Nexos-sebrae-anprotec-1

Fonte: Pixabay

Entenda como funciona o Nexos

O programa leva as grandes corporações a enxergarem pequenas empresas não só como uma oportunidade de investimento, mas também como um parceiro de negócios.

Através de uma aplicação financeira, a pequena ou grande empresa promove o desenvolvimento de estratégias inovadoras, por parte das startups inscritas, voltadas para o atendimento de demandas específicas de seus negócios.

Todos os recursos necessários para a elaboração de pesquisa e para aprimoramento ou criação de novos produtos tecnológicos, são fornecidos pelas grandes empresas. Disponibilizam, também, sua estrutura produtiva, comercial ou operacional, além do apoio técnico.

Estrutura do Nexos

O programa é estruturado em 5 fases distintas. São elas:

Nexos-sebrae-anprotec-2

Fonte: Sebrae

Prospecção e alinhamento com grandes e médias empresas:

  • Definição dos objetivos e diretrizes do projeto de inovação aberta da Média ou Grande empresa
  • Definição das demandas tecnológicas e requisitos técnicos
  • Preparação da Média ou Grande empresa para conexão com pequenos negócios inovadores
  • Lançamento de desafios de inovação para o mercado

Seleção e Matchmaking

  • Divulgação do desafio de inovação e mobilização dos ecossistemas de inovação
  • Seleção dos pequenos negócios inovadores
  • Matchmaking e Demoday

Preparação dos pequenos negócios

  • Capacitação empresarial (gestão de negócios e inovação)
  • Mentoria e Coaching (inteligência de mercado)

Desenvolvimento e aprimoramento tecnológico

  • Apoio à elaboração de projeto tecnológico
  • Captação de recursos para P&D e prototipagem
  • Acesso a serviços tecnológicos e jurídicos
  • Laboratórios de experimentação e co-desenvolvimento

Follow-up

  • Acompanhamento e monitoramento dos projetos de inovação
  • Workshop de compartilhamento de resultados
  • Elaboração e disseminação de casos de sucesso

O Sebrae e a Anprotec são encarregados de fiscalizar todo esse processo, para garantir que sejam obtidos bons resultados para ambas as partes sempre.

E aí, amigo, você acha que o Nexos é capaz de impactar as relações entre as pequenas, médias e grandes empresas?