As vendas em lojas virtuais estão crescendo cada vez mais por conta dos jovens consumidores. Isso foi o que mostrou a nova pesquisa chamada “Os novos consumidores brasileiros”. O estudo foi realizado em parceria entre a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) e a AGP Pesquisas.

O levantamento analisou o comportamento digital relacionado a compras do jovem brasileiro. A faixa etária escolhida para a coleta de dados foi com um público dos 16 aos 22 anos. De um modo geral, a pesquisa mostrou que 75% dos participantes estão habituados a fazer compras em e-commerces e sites de revendas.

jovem comprando no celular

As vendas em lojas virtuais

O estudo mostrou que não só as grandes lojas virtuais, como Netshoes, Submarino e Americanas estão na mira dos novos compradores. Além delas, sites de revenda como OLX, Mercado Livre e Enjoei também possuem uma grande quantidade de consumidores ativos.

As redes sociais aceleraram esse crescimento, pois elas fazem a jornada de compra ser mais rápida que o normal, pois o cliente vai da plataforma direto para o carrinho de compras. Dos que participaram da pesquisa, 57% ainda não possui uma atividade remunerada, o que influencia diretamente no tíquete médio.

Pessoa utilizando o instagram para fazer compras

Canais de relacionamento

Entre as fontes de informações preferidas desse público, Facebook e WhatsApp aparecem como grande destaque, pois mais de 90% deles utilizam essas plataformas diariamente. Isso revela que essas ferramentas podem ser um excelente canal de relacionamento direto com o público, aumentando as chances de faturamento.

O aparecimento de sites como OLX e Mercado Livre também mostra que autônomos e pequenos negócios também podem oferecer seus produtos no ambiente digital. Essa oportunidade é boa tanto para os lojistas quanto para o público, que pode escolher a melhor empresa para gastar seu dinheiro.

E aí, amigo, sua empresa também foca no público jovem?