Foi divulgado recentemente que o Correios analisa criar frete especial para pequenas empresas. Essa medida talvez tenha sido anunciada após algumas decisões um pouco polêmicas. No início do ano mostramos aqui no Digaí que a estatal aumentou o preço nas entregas das encomendas.

Com isso, o frete chegou a ficar até 40% mais caro em algumas regiões do país, prejudicando diversas empresas, principalmente as de pequeno porte. Na época, grandes e-commerces se uniram para mostrar a insatisfação, entre elas o Grupo Netshoes, dono da Netshoes e Zattini, e o Mercado Livre.

Mulher recebendo encomenda

A importância do frete para as pequenas empresas

O frete é um ponto muito importante para as lojas digitais, principalmente para as pequenas empresas que estão em operação há pouco tempo e não possuem um alto volume de vendas. Com o aumento do frete no início do ano, os custos aumentaram muito, comprometendo a sobrevivência delas no mercado.

A revolta dos e-commerces surgiu quando os Correios decidiram encerrar o serviço de “Encomendas 1”, onde o lojista precisava ter apenas R$ 100 em entrega por mês para ter o benefício. A mudança aumentou esse valor para R$ 2.000, o que era inviável para alguns negócios. A utilização do antigo serviço chegava a deixar o frete 25% mais barato para as empresas.

Caminhão na rodovia indo fazer entrega

Crescimento das transportadoras privadas

Essa inconstância oferecida pelos Correios, e ainda os problemas enfrentados pela entrega em todo o país, abriu uma oportunidade de mercado para os concorrentes. Quem começou a se aproveitar disso foram as transportadoras privadas, como anunciamos aqui em fevereiro deste ano.

Além do serviço privado, há também a opção da frota própria, quando a própria empresa se responsabiliza pela entrega do produto. O que o empresário precisa entender nesse cenário é a necessidade de se adaptar às mudanças e não ficar preso a uma alternativa de mercado, seja na entrega dos próprios produtos ou a outros processos internos.

E aí, amigos, o que você está achando dessas medidas do Correios?