Entender a cabeça do público é essencial para empresas que desejam se destacar em um mercado tão competitivo. Pensando nisso, a SalesForce, organização americana com foco em software, desenvolveu uma pesquisa mostrando o comportamento do consumidor em 2018. O estudo apontou as tendências do primeiro semestre e o que ainda vai cair no gosto do público.

 

O levantamento foi intitulado “State of the Connected Customer”, e contou com a participação de 6.700 consumidores de 15 países diferentes, inclusive do Brasil. Dos entrevistados, 80% revelaram que a experiência na empresa é tão importante quanto a qualidade dos produtos oferecidos.

pesquisa na internet

Comportamento do consumidor em 2018

 

Os brasileiros ainda dão mais valor à experiência do que outras nacionalidades. Segundo o estudo, 89% disseram que já escolheram uma marca por conta da prestação do serviço, e não pelo produto em si. A pesquisa também revelou que 57% dos participantes disseram ta ter mudado de marca por ter uma experiência melhor com o concorrente.

 

Por isso, é fundamental que as organizações entendam a importância de considerar o consumidor não só como um número. É preciso que as empresas se relacionem de maneira mais próxima, sem se preocupar apenas com a venda do produto.

mulher no atendimento

O consumidor mundial

 

Além de dar valor às relações com as marcas, os clientes também se preocupam bastante com a segurança e privacidade. Quase um terço dos entrevistados disseram que têm mais receio do que é compartilhado na internet do que há dois anos, e quase metade não sabe afirmar como as empresas lidam com as informações coletadas.

 

Ao mesmo tempo que há esse receio com dados pessoais, o estudo mostrou que o público ainda está disposto a compartilhar informações pessoais para ter um atendimento mais exclusivo e humanizado. Os brasileiros que foram entrevistados disseram que uma boa maneira das empresas se destacarem é dar mais poder ao consumidor, mostrar comprometimento e transparência.

 

E aí, amigo, você acha que seus clientes estão satisfeitos com a experiência oferecida pela sua empresa?