Confirmando os bons números apresentados pelo comércio nos últimos meses, um estudo recente mostrou que o natal vai impulsionar as vendas do e-commerce. A análise foi desenvolvida em parceria pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) e a FCDLESP (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo).

A expectativa da CNC é que o período festivo de dezembro aumente em até 4,3% as vendas se comparadas à mesma época do ano passado. Já a FCDLESP espera que o número de trocas de produtos seja 5% maior. Essas análises animam o setor de comércio online brasileiro, que já está entre os cinco principais do mundo.

natal impulsionar vendas ecommerce estudo

Faturamento do e-commerce no natal

As perspectivas para as vendas em 2017 são as melhores possíveis, pois é esperado que o e-commerce fature aproximadamente R$ 8,7 bilhões no natal. Esse valor representa um aumento de 13% em relação ao natal de 2016, com 11% a mais de pedidos, saindo dos R$ 16,6 milhões para R$ 18,4 milhões.

O ticket médio também sofreu um leve aumento de 2%, fato que anima os lojistas. O período analisado das vendas de natal compreende os dias 15 de novembro a 24 de dezembro, incluindo a Black Friday, pois muitos consumidores revelaram antecipar as compras de natal para aproveitar preços melhores.

Pedro Guasti, CEO da Ebit, revelou que as vendas da Black Friday vão representar aproximadamente um quarto das vendas do período avaliado. Análises recentes mostram que o consumidor está cada vez mais acostumado a comprar em e-commerces, não só pelo preço, mas também pelas condições de pagamento e comodidade.

natal impulsionar vendas ecommerce estudo 01

Recorde de vendas através do e-commerce

Segundo o SPC Brasil, pela primeira vez as vendas através da internet vão ser maiores do que as feitas em lojas físicas. Entre os produtos que devem apresentar o maior volume de pedidos estão bonecas, cafeteiras e camisas esportivas. Eletrônicos, como celulares e smartphones, também estão no ranking das cinco subcategorias mais desejadas.

Toda essa transformação na forma de consumo vai influenciar diretamente o trabalho das agências de publicidade, pois vai ser necessário aplicar estratégias de marketing digital, como SEO e comunicação online. As empresas que souberem utilizar bem as ferramentas disponíveis conseguirão se destacar em um mercado muito competitivo.

E aí, amigo, preparado para as vendas de natal?