O Google sempre buscou uma ferramenta que pudesse encarar de frente o seu maior concorrente: o Facebook. O Google+, por exemplo, foi um desses projetos, mas não conseguiu atingir o sucesso esperado. Alguns anos depois, foi a vez do Google My Business, uma funcionalidade direcionada para empresas.

E recentemente esse dispositivo sofreu atualizações, e ao que parece está agradando bastante os usuários. Ela permite que as empresas gerenciem as informações exibidas às pessoas quando elas fazem buscas na internet, e tem se mostrado bastante efetiva para negócios locais.

atualizacao google my business

Novas funções

Os perfis cadastrados na rede social do Google vão poder fazer postagens e mostrar todos os produtos e serviços da empresa, além de notícias e outras informações. Tudo isso vai ocorrer assim que um usuário fizer alguma busca por ela no Google. É uma nova forma de atingir o público exatamente no monento em que ele está buscando respostas.

Essa função começou a ser testada nos Estados Unidos em 2016, quando o país estava em período eleitoral. Na época foi dado o nome de “candidate cards”, mas agora já está liberada para todas empresas que possuem cadastro ativo. Segundo o Google, a novidade vai ser útil para negócios locais pois 82% das pessoas utilizam o buscador para encontrar informações sobre esses empreendimentos.

atualizacao google my business 01

Cenário de buscas no Google

Um levantamento do Google revelou que 70% das pessoas procuram por várias empresas antes de buscar informações sobre uma específica. Por esse motivo, quem utilizar o Google My Business vai conseguir se destacar dentro de um mercado tão concorrido. Com essa tática, a empresa visa rivalizar com o Facebook, pois várias pessoas preferem acessar essa rede social quando querem conhecer mais sobre uma empresa.

As postagens vão funcionar com um limite de 300 palavras, com várias opções de edição, além de poder fazer upload de fotos e vídeos. Uma particularidade da novidade é que ela vai funcionar basicamente como a função Stories do Instagram. A única diferença é que o tempo de visibilidade será de 24 horas, mas sim de uma semana.

E aí, amigo, será que essa atualização vai dar mais competitividade ao Google contra o Facebook?