“OKRs não são projetados para serem usados como uma arma contra seus funcionários. Eles são uma ferramenta para motivar e alinhar as pessoas para trabalhar em conjunto. Eles aumentam a transparência, a responsabilização e capacitação”.  Angus Davis, CEO da Swipely

A simplicidade e foco que  a metodologia OKR oferece a uma organização se configura na habilidade para motivar equipes e conduzir o alinhamento. Naturalmente, o processo varia de empresa para empresa, é bom notar primeiro que não existe exatamente uma maneira certa ou errada de fazer objetivos e key-results (indicadores de desempenho).

Grande parte do valor dos indicadores vem das conversas sobre o que importa, como isso é medido e o que significa para algumas equipes, que são frequentemente utilizadas para trabalhar a partir de seus próprios padrões. Os OKRs conseguem criar uma linha de força clara para os seus funcionários, por isso, faz com que eles fiquem ligados à sua organização e mais engajados por uma maior visão.

 

Como começar com OKRs

Passo 1:

VOCÊ PRECISA DEFINIR SUA GRANDE META!

Em primeiro lugar, o método é importante para incutir uma cultura de planejamento, se você ainda não fez. Muitas vezes, definir a grande meta é difícil, então, comece pequeno, como definir planos semanais individuais, estilo OKR. Depois disso, você pode aplicar um plano de metas mensais com uma equipe. Veja como a equipe pode trabalhar através do processo de planejamento. Eles precisam de atualizações semanais? Por mês? É importante saber isso antes de começar a coordenar o resto da empresa.

*Lembre-se: Sua grande meta precisa fazer sentido para todo o time, não só para o gerente ou dono da empresa!

Passo 2:

Agora que você tem a mecânica de base, você pode se concentrar no aspecto de cima para baixo. Onde você quer estar daqui a um ano? O que você quer fazer? Onde você vê seu produto está indo? A empresa deve definir um OKR, em seguida, cada equipe deve determinar os OKRs. Normalmente, uma organização começa com o processo de descobrir as três coisas mais importantes que se deve esforçar ao longo do próximo trimestre (ou ano), e estes são seus objetivos. 

Passo 3:

Após objetivos estarem definidos, o foco se volta para identificar os principais resultados para cada objetivo, que são as suas medidas de sucesso – Key Results. Cada objetivo pode (e provavelmente deve) ter mais de um resultado chave mensurável ​​que sua organização deve se esforçar para atender durante o trimestre. Uma maneira fácil de descobrir os KRs da sua empresa determinados num trimestre, começa por sentar com a equipe e examinar os resultados-chave que sua empresa está perseguindo e depois debater como poderia enfrentar o desafio para mover esses números.

*Em OKR, se você bater 100% das metas de forma consistente, você não está definindo metas agressivas o suficiente. Isso quer dizer que bater 70% da sua meta já é bastante satisfatório! 

O quadro de objetivos e resultados-chave é uma ferramenta de ajuste do objetivo útil para as organizações, equipes e indivíduos, por várias razões. Objetivos ajudam as equipes como guia e destacam as principais áreas de foco de uma forma simples, enquanto os resultados-chave são fáceis de rastrear e acompanhar com regularidade. Metas de crescimento e atualizações de progressos regulares sobre esses objetivos dão uma fonte de motivação para as equipes, durante toda a vida de cada OKR.

 

Key Result deve ser difícil, não impossível!

Um ótima maneira de fazer isso é definir uma meta justa dentro da capacidade para, depois, definir com OKR. Aí o ideal é projetar três ou quatro vezes mais além da meta racional. Assim, você está empurrando sua equipe para fazer coisas maiores. Dê uma olhada em seus KRs. Se você está recebendo um sentimento estranho na boca do estômago dizendo “Seria preciso um milagre para bater as metas…” então, provavelmente, você está corretamente colocado. O ideal é levar a equipe pensar: “nós podemos fazer isso com um pouco de trabalho duro”, aí tudo fica mais fácil e deslancha.

OKRs são ótimos para regular o ritmo, por isso, não altere esses indicadores  a meio caminho do período de tempo delimitado, deixe para definir melhor na próxima vez. Nenhuma equipe funciona bem pela primeira vez. Se você está apontando para alcançar 1-2 dos três KRS para seus objetivos, alterar isso dilui o foco, e manter equipes focadas é o mais importante do OKR.

OKR é um processo, é uma experiência, e pode mudar a dinâmica da sua empresa, para melhor!

Espero ter lhe inspirado com a Metodologia OKR. Será um prazer receber seu comentário.

Num próximo post falaremos sobre casos práticos de aplicação da Metodologia OKR!

Estamos conectados… Até breve! 😉