Ahh a tecnologia… sempre nos dando prazer da facilidade! Sabe aquele projeto que você quer colocar em prática, mas não sabe por onde começar? Temos uma dica de método que pode ajudar.

 

Dia após dia somos bombardeados de informações e idéias que, na maioria das vezes, ficam em desordem na nossa cabeça, então MAPAS MENTAIS, ou MIND MAPS, surgiram como ferramenta de organização que facilitam os processos de qualquer planejamento.

 

 

 O que são mapas mentais?

 

 

Ao contrário do que muitos pensam os Mapas Mentais não são ferramentas complexas, pelo contrário, simplifica até os processos mais complicados. Em linhas gerais, podemos dizer que serve de organizadores de idéias e tarefas onde podemos inserir etapas e necessidades como se fosse um checklist, porém mais detalhado. Essa estrutura serve como facilitadora de qualquer projeto e de qualquer complexidade, e hoje se tornou indispensável para a maioria dos planejadores e estudantes.

 

O que você ganha utilizando os Mind Maps:

 

  • Organização de projetos e metas
  • Diminuição da desorientação por acúmulo de informações
  • Motivação para continuação os projetos por ver todas as etapas organizadas
  • Podem ser reformulados quando precisar “recalcular a rota”
  • Facilita compreensão de outras pessoas
  • Alguns sistemas permitem ser acessados em computador e também em aplicativos mobile
  • É um método que se adapta aos criativos, analíticos, metódicos… qualquer pessoa.

 

 

Como funciona?

 

Como o cérebro tende a compreender melhor através de conexões, fica mais fácil memorizar as coisas quando tem os processos organizados, logo, depois que estiver familiarizado com o sistema, o processo de desenvolvimento dos mapas se tornará algo natural.

 

Os Mapas Mentais são criados a partir da ideia central que depois é destrinchada em etapas.

 

  1. Ideia central: você insere o que é o projeto em si. (Vamos usar como exemplo de palestra)
  2. Subcategorias, ou seja, o checklist: escolha do tema da palestra, locação de espaço, lista de convidados. (vamos escolher a escolha do tema da palestra)
  3. Descriminação da subcategoria: reunião de brainstorm, pesquisa de necessidade, público alvo… ou seja, detalha todo o projeto em etapas.
  4. Você pode padronizar por cores, formatos, da forma que fique melhor para você e sua equipe compreenderem.

 

 

Mind Maps

 

 

Em que podem ser usados os mind maps

 

 

A utilidade dos Mind Maps é inúmera e vai de acordo com cada necessidade. Você pode usar desde um fluxograma de Gestão de Pessoas até uma lista de supermercado.

Empreendedores se identificam com a ferramenta para gerir as equipes, lá eles dispõem organograma de atividades de cada membro da equipe, inserindo suas funções e evoluções, além disso, é um método bastante utilizado pelos palestrantes que organizam as apresentações dentro da plataforma.

 

 

Dicas de aplicativos para eles

 

Separamos os 04 melhores (e gratuitos) Apps para você usar mind maps agora:

 

 

MindMesiter  – Este é o mais mencionado por ser uma plataforma nuvem, ou seja, você só precisa acessar com login em qualquer computador e usar, além disso, dispõe de aplicativos para IOS e Android. Esse sistema permite exportação em Word, PNG e PDF e criar apresentações.

StormBoard – Segue a mesma lógica do MindMesiter; a diferença está no design, pois ao invés de criar as ramificações ele dispõe de quadros onde podem ser inseridas tarefas colaborativas.

MindNote – Esse é exclusivo para usuários MAC, Iphone e Ipad. Ele cria os mapas mentais tradicionais que podem ser adicionados imagens e link. O bacana é que fica sincronizado em todos os aparelhos Apple que você desejar.

SimpleMind – O Software pode ser instalado no computador e também está disponível para móbile. Assim como o nome sugere, é um sistema fácil de usar.

Você usa ou já usou mapas mentais? Comenta aí como foi a experiência.