Por mais que o Facebook seja uma das mídias sociais mais utilizadas, as Fan Pages podem não atingir o público alvo, especialmente se for B2B  (Business to Business), fazendo com que diversas informações fiquem invisíveis. Pensando nisso, o Business Developer Caio Flores, desenvolveu junto com sua equipe a  plataforma Pagefy, que extrai as informações do Facebook para que a companhia tenha seu próprio site e direcione o conteúdo para quem realmente importa.

 

 

pagefy

 

 

“O que fizemos nesse primeiro momento foi aproveitar as informações que já existem no Facebook para facilitar a vida dos nossos usuários, nunca foi tão fácil criar um site, é só fazer o login pelo Facebook e o seu site já está pronto!”, conta Caio. Conversamos com o criador para que você saiba mais sobre a novidade. Confira:

 

 

Qual a origem da ideia do Pagefy?

 

O Pagefy surgiu com a intenção de resolver um problema conhecido. Temos mais de 9 milhões de PME’s no Brasil e pouco mais de um por cento desse total possuem presença na web. Como empreendedores tentamos lançar algumas soluções SaaS (software as a service) para PME’s nos últimos anos e percebemos que não adiantaria vender soluções sofisticadas (muitas vezes que funcionam no mercado norte americano ou europeu) se as empresas brasileiras ainda nem estão na internet. Foi assim que idealizamos o Pagefy. A partir disso começamos a buscar soluções similares e concluímos que haveria espaço para essa empreitada.

 

 

Quais as possibilidades de ampliação de divulgação da marca e dos serviços prestados por uma empresa no Pagefy

 

Queremos primeiro oferecer a possibilidade de pequenas empresas estarem na web de um jeito simples, sem complicação. Esse é o primeiro passo. Com isso já conseguimos ampliar a divulgação das empresas, só pelo fato delas serem encontradas em mecanismos de busca em qualquer dispositivo (computadores, celulares e tablets).

 

A partir daí queremos oferecer uma série de serviços. Trabalhamos com o conceito de “One Stop Shop”, ou seja, pretendemos oferecer uma série de serviços para esse público (PME’s), como AD’s, RP, Marketing Digital, Branding, serviço de ecommerce, produção gráfica, videos, etc. Queremos ajudar as PME’s a se comunicarem de maneira efetiva, utilizando a internet.

 

 

Concordam que a plataforma amplia a forma de trabalho de um social media da empresa?

 

Acreditamos que o Pagefy é uma ferramenta que pode ajudar muito não só o trabalho do social media, mas do marketing e da comunicação em geral, além de ser um aliado para as áreas de TI. Atualizar um site nem sempre é tarefa trivial e pequenas empresas não possuem conhecimento necessário para desenvolver, atualizar e manter sites. Normalmente essa tarefa se torna um estorvo, afastando as PME’s da web.

 

 

Qual o target da Pagefy?

 

Nosso target inicial são pequenas e médias empresas. Principalmente empresas que já entenderam a importância de se estar na web mas ainda não conseguiram entrar. Parece absurdo, mas existem muitas empresas nessa situação.

 

 

Existem novidades previstas para melhorar a eficiência do Pagefy?

 

Sim. Nós estamos no começo do caminho. Como dissemos a ideia é oferecer um pacote de soluções para PME’s. Mas é importante dizer que somos guiados por nossos usuários. Estamos conversando com eles e entendendo o que geraria valor para eles. As possibilidades são infinitas. Novos layouts, domínio personalizado e edição de sessões são os pedidos iniciais mais comuns e que já estamos trabalhando para oferecer para nossos clientes. Mas muita coisa virá e iremos contando as novidades conforme forem surgindo.

 

Para quem gostou da iniciativa, basta clicar aqui.