Se você está interessado em anunciar no Google Adwords para divulgar sua loja, seu serviço ou simplesmente seu site, saiba então que estamos iniciando hoje uma série de posts, o Adwords sem Complicação, onde vamos orientá-lo desde a pré-criação de uma campanha até as configurações mais avançadas. No final de cada posts vamos deixar uma dica muito bacana para que você utilize em seu dia a dia. Portanto, tente acompanhar nossa série desde o comecinho para ir pegando as dicas.

 

Então, vamos lá!

 

O que é o Google Adwords?

 

É uma plataforma de publicidade do Google, no qual pessoas (físicas ou jurídicas) podem criar anúncios e exibir esses anúncios para clientes em potencial.

 

Exemplo:

 

Vamos supor que João queira comprar um tênis novo para começar a correr. João pode ir ao shopping da sua cidade, pode perguntar aos amigos sobre lojas de tênis ou pode pesquisar no Google sobre “onde comprar tênis”.

 

Quando João pesquisa no Google sobre “onde comprar tênis”. Ele vê o seguinte resultado.

 

 

Perceba que a busca de João por “onde comprar tênis” gerou resultados com o marcadore esses resultados estão no topo da pesquisa. Aposto que você já passou por uma situação parecida com a de João, não é mesmo? Pois bem, esses anúncios foram criados no Google Adwords, por empresas ou pessoas, para divulgar seus produtos ou serviços para clientes em potencial.

 

Com o Google Adwords, você escolhe onde e quando seus anúncios são exibidos, quanto pretende gastar, pode acompanhar os resultados da campanha e se não gostar, pode pausar ou interrromper a qualquer momento. É uma plataforma bem flexível.

 

Defina seu Objetivo

Você deve estar com uma super vontade de criar sua conta e seus anúncios no Adwords. Mas calma! Antes de começar a usar a usar o Adwords, você precisa definir os seus objetivos. Agora eu te pergunto: Para que você quer usar o Google Adwords?

 

Quer atrair novos visitantes para seu site?

Vender produtos do seu e-commerce?

Divulgar sua marca?

Divulgar sua marca e vender produtos do seu e-commerce?

 

Pode ser qualquer outro objetivo, mas é importante que você saiba qual ou quais são, para que possa acompanhar o resultado e descobrir se o Adwords está ou não sendo bom para o seu negócio.

 

 

Defina sua Verba

Como eu expliquei anteriormente, o Adwords é muito flexível, então você pode começar anunciando com apenas R$ 10,00 R$ 50,00 ou R$ 100,00 por dia.

No Adwords você que define o seu orçamento, então se você pretende gastar R$ 10,00 por dia, o valor máximo de cobrança em um mês seria de R$ 304,00 (o Adwords tem como base 30,4 como número médio de dias de um mês, portanto R$ 10 x 30,4 dias = R$ 304 por mês).

Se você definiu que seu orçamento por dia é de R$ 10,00, o Adwords não pode te cobrar mais de R$ 304,00 por mês.

 

 

Estude seu Público

Quem são seus consumidores? Vejo muita gente errando nesse quesito. Muita gente responde “é tudo mundo que quer comprar meu produto”. Seria ótimo poder mostrar seus anúncios para o mundo todo, mas seria extremamente caro e de pouco retorno. Qual seria a vantagem de uma pizzaria que só atende em São Paulo mostrar anúncios para pessoas do Rio de Janeiro e Recife? É jogar dinheiro fora.

 

 

Portanto, defina seu público.

 

Onde eles se encontram? Usam mais notebooks ou celulares? Que lingua eles falam? Qual a idade deles?  Sexo? O que eles querem? Como eles procuram isso no Google?

Essa é uma parte muito importante! Portanto estude bem,mesmo que demore um pouco.

 

 

Estude seu negócio

Uma outra parte bem importante. Analisar seus pontos fortes e fracos, seus concorrentes,  suas oportunidades, fazer até mesmo uma análise de fatores externos que podem atrapalhar ou ajudar no seu desempeho.

 

Exemplo: Maria é dona de um e-commerce. Ela vende ar condicionado. Maria pretende gastar R$ 50,00 por dia, durante todo o ano no Adwords.

 

Percebeu o erro de Maria? Ar condicionado é um produto que tem uma busca mais alta durante o verão, portanto seria melhor para Maria investir mais pesado durante essa época do ano. Algo parecido acontece durante o Black Friday, onde várias lojas virtuais investem mais pesado em publicidade, porque sabem que vão lucrar mais.

 

Deixe bem claro suas vantagens em relação aos concorrentes. Frete grátis, parcelamento em até 12x sem juros, dois meses para começar a pagar, bônus grátis, produto exclusivo, diversas formas de pagamento, montagem grátis.

 

Entenda: Se seu cocorrente oferece frete grátis, ofereça frete grátis e parcelamento sem juros. Se seu concorrente oferece um bônus, ofereça dois. Sempre tenha algo a mais para oferecer. Destaque-se no meio da multidão.

 

 

Tenha um website atrativo

O Adwords faz um ótimo trabalho ao levar pessoas para o seu website, mas isso é tudo que um anúncio pode fazer. Lembre-se que o anúncio é apenas o “corredor” que vai guiar o usuário até sua loja. Se a sua loja não tiver uma boa aparência ou não for aquilo que o cliente esperava, ele simplesmente vai sair sem comprar nada. Para manter o usuário em seu site e levá-lo a uma conversão, você precisa ter um site visualmante atraente, de conteúdo relevante e que seja de fácil navegação. Nada de sites pesados ou em flash.

 

 

Crie uma lista de palavras-chave

Pesquisa de palavras-chave é a base da construção de uma conta. Quanto mais forte for a lista de palavras-chave, mais forte será sua conta.

 

Palavras-chave são palavras ou frases que seus clientes vão utilizar para encontrar seu produto ou serviço na pesquisa do Google. São essas palavras que irão acionar seus anúncios.

 

No caso de João, ele procurou por “onde comprar tênis” e viu um anúncio da Netshoes. João só conseguiu ver esse anúncio porque a Netshoes inseriu a palavra-chave “onde comprar tênis” na campanha.  Você precisa pensar em como seu cliente vai pesquisar o seu produto no Google. “Onde comprar tênis”, “ tênis para correr”, “tênis adidas”, “tênis confortável”, todas essas palavras-chave acionam anúncios da Netshoes (pode testar no Google).

 

Pense também em palavras que não tem relação com seu negócio.

 

Exemplo: Henrique tem um e-commerce onde só vende celular. Quais palavras-chave não tem relação com o negócio de Henrique? Eu posso pensar em algumas. “Conserto”, “assistência técnica”, “manual”, “bateria”, “carregador”, “download”, “aplicativos”. É importante imaginar em uma lista de palavras-chave que não vão gerar retorno pro seu negócio.

 

Coloque todos os dados em uma planilha ou escreva tudo em um papel, o importante é ter os dados anotados para quando for criar suas campanhas.

 

Bem, essa foi  o primeiro post de nossa série AdWords Sem Complicação. Nesta aula nós aprendemos o que fazer antes de começar a criar uma conta no Google Adwords. No próximo post eu vou ensinar como criar uma conta no Google Adwords, passo a passo e explicar cada campo da conta. Espero que tenham gostado e dúvidas podem perguntar. Até a próxima!

 

Dica do Dia: Nesta aula eu falei sobre busca orgânica (aqueles sites que aparecem na pesquisa do Google sem precisar pagar por isso). Aqui no blog nós temos um e-book chamado “16 erros que impedem seu site de estar na primeira página do Google”, criado por Felipe Pereira. Você pode fazer o download do e-book gratuitamente clicando aqui.