As técnicas de marketing digital são extremamente eficazes para alavancar o seu negócio. A questão, porém, é utilizar a ferramenta certa para o seu tipo de empresa/serviço.

Negócios locais, por exemplo, devem usar estratégias bem diferentes de negócios nativamente digitais. E a nossa dica de hoje é voltada para você que atender clientes locais.

segmentação de geográfica - arte de um pequeno negócio

Obstáculo ou estratégia?

Quando o assunto é converter clientes, umas das ferramentas possíveis e muito eficazes para negócios locais é utilizar a segmentação geográfica na hora de fazer um campanha de anúncios.

Aquilo que antes parecia um obstáculo – a limitação espacial – pode ser usada, sim, como um aliado do seu negócio.

Se seus clientes são as pessoas que estão mais próximas de você, a sua energia e o seu dinheiro devem estar concentrados em alcançar essas pessoas.

Ads

Para começar, vamos falar sobre segmentação no Face ou Insta Ads. Essa segmentação te permite restringir a exibição das suas campanhas para um público de determinado local. O Google Ads, por exemplo, usa país, estado ou cidade para determinar onde serão exibidos os anúncios.

Para negócios locais, é possível também fazer segmentação por raio. Essa é uma boa opção de segmentação para empresas muito bairristas como padarias, lanchonetes, cabeleireiro, prestadores de serviço.

Nesse formato, os anúncios alcançam potenciais clientes que estão em um raio de quilômetros de distância a partir do seu negócio (ou de um local estratégico). Já a distância, você mesmo decide conforme achar melhor.

Exemplo:

Você tem uma cafeteria que atende majoritariamente três bairros da Zona Sul do Recife.

Por uma padronização, as ferramentas de anúncios segmentam todo o Brasil como público-alvo do seu anúncio, o que não será vantajoso. No Google, por exemplo, seus anúncios serão exibidos para todas pessoas que pesquisarem por “cafeteria”, no Brasil inteiro.

Dinheiro jogado fora

Da próxima vez que usar as suas redes sociais, repare com mais cuidado nos anúncios que recebe. Você perceberá que grande parte deles é de negócios locais situados em estados diferentes do seu. Isso é péssimo.

Quem projetou esse anúncio provavelmente não utilizou a segmentação geográfica e está jogando dinheiro fora, anunciando seu negócio para pessoas que não podem ir até a loja e comprar.

Por isso, lembre-se: agora, ao utilizar a segmentação geográfica e incluir a cidade (ou o raio) onde seu negócio atua, seus anúncios só serão exibidos para potenciais clientes dentro desse espaço.

Dessa forma você impacta pessoas que realmente podem se interessar e consumir o seu produto ou serviço. É dinheiro investido da forma correta.

E aí? Essa dica foi útil para você?