Uma das questões essenciais para a sobrevivência de uma empresa em um mercado tão competitivo é saber analisar a mudança de comportamento do consumidor. Com a massificação da internet nos últimos 10 anos, o público passou a avaliar e explorar mais as lojas antes de efetuar a compra. E o meio virtual se tornou um aliado para quem deseja economizar, além de encontrar mais ofertas e comodidade.

Em um estudo recente feito pela agência Conversion com a colaboração da AKN Consultoria Estatística, ficou constatado que 93% dos brasileiros usuários de internet já fizeram alguma compra on-line. A pesquisa mostrou dados muito interessantes, como o de mídias sociais mais acessadas pelos compradores, onde o Facebook e o Instagram lideram no ranking dos mais utilizados. Outra informação bastante útil foi que 78% dessas pessoas gostam de pesquisar no google antes de efetuar uma compra.

ecommerce-2140603_1920

São consultas como essas que as empresas devem ficar atentas ao fazer um planejamento estratégico de vendas, pois elas retratam a forma de agir do consumidor e onde ele está presente.

Muitos negócios ainda são dirigidos por pessoas de mentalidade retrógrada e que dificilmente se abrem a novas oportunidades. Utilizar essas ferramentas e mostrar para elas que o comportamento de mercado se transformou é fundamental para a lucratividade do empreendimento.

Vamos imaginar que você tenha uma empresa que venda artigos eletrônicos. Sabendo que 68% dos homens compram mais eletrônicos pela internet e que 74% dos consumidores já realizaram buscas de produtos pelo celular, você poderia utilizar esses dados e elaborar uma estratégia de comunicação para atingir de forma mais eficaz seu público. Você poderia por exemplo, elaborar campanhas de tráfego no Google e no Facebook segmentando por gênero e por interesses dos usuários, para atingir quem realmente está interessado nos seus produtos.

ecommerce-1706105_1920

São ações como essas que aumentam as suas chances de obter uma maior lucratividade com otimização de investimento, sem correr o risco de investir em estratégias e canais que não irão dar retorno.

E aí, amigo, viu como a internet pode ser uma ferramenta bastante interessante para alavancar as vendas do seu negócio? Veja mais posts no nosso blog e se informe mais sobre o assunto.