Um vídeo de Theo Chen, um garoto de apenas 12 anos morador de Cingapura, está ganhando repercussão no Youtube. O motivo? O vídeo intitulado “Gay” mostra o desabafo de Theo que sofre com a homofobia. Quem pratica o bullying? Internautas, amigos e colegas da escola.

 

Theo virou uma webcelebridade ao postar vídeos na internet dançando e fazendo dublagem de músicas famosas. A partir daí, o garoto recebeu muitos elogios e muitas críticas questionando a sua sexualidade. Theo afirma que recebe “muito ódio on-line” e que é chamado de nomes ofensivos.

 

No vídeo ele confessa que tem apenas 12 anos e não sabe se é homossexual ou não. O garoto acrescenta que as pessoas deveriam ser julgadas pela sua personalidade, não pela sexualidade, pede para pessoas refletirem sobre o que falam e para pararem com a homofobia. Theo finaliza com a frase: “Chamar alguém de gay não faz de você mais hétero”. E toda essa reflexão vem de um garoto de apenas 12 anos.

 

A versão original do vídeo do vídeo tem mais de 200 mil visualizações, enquanto a versão legendada em português tem mais de 300 mil. Além do canal no Youtube, Theo está presente em diversas redes sociais como: Twitter, Instagram, Aksfm e Facebook. Theo recebe mensagens tanto de apoio como homofóbicas.

 

Isso me faz refletir em que mundo é esse que estamos que um garoto de 12 anos precisa passar por uma situação dessas? Sim, ele quis se expor na internet, mas será as pessoas precisam julgá-lo dessa forma e mandar mensagens homofóbicas? Coloquem-se no lugar dele e reflitam.

 

Confira o vídeo:

 

Canal no youtube: theochen9
Twitter: thiadoor
Instagram: thiadoor
Ask.Fm: TheooChen
Facebook: theo.utube

 

 

Theo

Twitter

Aksfm

Aksfm 2

Conheça o e-book “7 Lições Que Aprendi Com os Youtubers de Sucesso”, do Felipe Pereira, clicando no link:
BAIXE AGORA!