A maior rede social do mundo, o Facebook, está sendo acusada de violar o decreto de consentimento da Federal Trade Commission (FTC), implementado em 2011. A queixa afirma que a empresa de Mark Zuckerberg forneceu dados pessoais de usuários da rede social para os grandes fabricantes de smartphones, como a Apple e a Samsung.

facebook acusado fornecer dados usuários empresas smartphones

Matéria do New York Times

De acordo com informações do New York Times, pelo menos 60 fabricantes fizeram uma parceria com o Facebook nos últimos anos a fim de oferecer serviços como curtidas, conversas por mensagens e outras ferramentas sem precisar ter um aplicativo baixado. Os acordos entre essas empresas permitiam que a rede social expandisse o seu alcance e que os fabricantes dos dispositivos móveis realizassem suas ofertas dentro da plataforma.

Segundo o jornal norte-americano, as empresas têm acesso a informações extremamente pessoais, como preferências políticas e religiosas dos usuários e de todos os seus contatos. Em resposta à matéria, o vice-presidente responsável pelas parcerias feitas pelo Facebook, Ime Archibong, publicou um artigo chamado “Porque nós discordamos do New York Times”.

No escrito, ele diz que a rede social criou APIs para vários fabricantes como a Amazon, Apple, Blackberry, Microsoft e Samsung com o objetivo de oferecê-las a possibilidade dos clientes acessarem o Facebook quando ainda não existiam aplicativos e lojas.

facebook acusado fornecer dados usuários empresas smartphones 02

Defesa do Facebook

Archibong revela que todas as parcerias fechadas foram com o mesmo interesse em comum: fazer com que as pessoas pudessem utilizar a rede social em qualquer aparelho ou sistema operacional. O empresário afirmou também que as APIs são gerenciadas pelo Facebook e que os contratos impediam que as informações fossem usadas para outros fins, a não ser a criação de novas experiências com o Facebook.

Por fim, o executivo declara que nenhum recurso tinha a permissão de ser usado sem a aprovação de todos os engenheiros. O caso chegou ao governo norte-americano, onde Zuckerberg está sendo acusado de mentir para o congresso sobre o usuário possuir o completo controle de quem pode acessar seus dados no Facebook.

E aí, amigo, como você se sente em relação à divulgação de dados dos usuários para beneficiar as empresas?