Quase todo mundo já ouviu falar da série Black Mirror. É uma produção original Netflix, lançada em 2011 e aborda os impactos, nem sempre positivos, que a tecnologia pode ter na sociedade. A série se passa num futuro alternativo e cada episódio tem um elenco diferente.

A série fez tanto sucesso que virou até meme na internet. Quem nunca comentou um “isso é tão Black Mirror” quando viu uma novidade tecnológica inusitada?

black-mirror-youtube-netflix

Fonte: Pixabay.com

Onde entra o YouTube nessa história de Black Mirror?

Em 2018, foi lançado um filme de Black Mirror, intitulado Bandersnatch. Primeiro lançamento da Netflix que trazia a possibilidade de interação entre o telespectador e conteúdo. O usuário tinha a opção de escolher vários finais e definir o rumo da história.

Inspirado na ação da Netflix, o YouTube decidiu investir no desenvolvimento de uma ferramenta que promove a interatividade com a programação da plataforma. Outra marca que está inclinada a aplicar essa experiência a seus negócios é o Walmart, que vem trabalhando com uma empresa que desenvolve conteúdos deste gênero.

Como essa ferramenta vai funcionar?

De acordo com a chefe de programação do YouTube, Susanne Daniels, essa tecnologia vai permitir que sejam apresentadas ao usuário opções de cenas que serão carregadas ao vídeo, sem que haja interrupções notáveis. Serão coletados também dados que permitirão que a ferramenta lembre antigas escolhas do espectador e ofereça diferentes alternativas para aquela narrativa.

O intuito do YouTube, no entanto, não é fazer algo tão semelhante à Bandersnatch. A ideia é produzir conteúdos, gravados e ao vivo, em que o usuário fará o papel de diretor.

Apesar de já trabalhar com técnicas de interatividade, essa é a primeira vez que o YouTube investe na possibilidade de interação do usuário com a narrativa propriamente dita.

interatividade-youtube

Essa novidade também vai funcionar de forma positiva para a publicidade. O novo conteúdo interativo, que será disponibilizado no YouTube, vai atrair uma outra parcela de usuários interessados na ferramenta. Isso representa uma possível melhora nos resultados dos anúncios divulgados na plataforma.

E aí, amigo, animado para viver essa nova experiência?