Ser bem reconhecida pelo público é uma grande vantagem para as marcas que desejam se destacar em um mercado tão competitivo como o do e-commerce. Pensando nisso, o IBOPE Conecta, empresa especializada em estudos online, fez uma pesquisa para mostrar as lojas virtuais mais bem avaliadas pelo consumidor.

O levantamento, chamado Customer Experience Report (CX Report), analisou 35 lojas virtuais brasileiras e como os clientes avaliam as suas experiências durante a jornada de compra. Assim como em outros anos, a Netshoes foi a marca mais recomendada pelos usuários na categoria de comércio eletrônico.

ibope pesquisa lojas virtuais melhor avaliadas

Resultado da pesquisa

Entre os principais e-commerces aparecem a Netshoes, KaBuM e Saraiva. Embora a Netshoes seja a líder do ranking, a KaBuM foi a que apresentou melhor evolução se comparada às pesquisas anteriores. O índice de qualidade da Netshoes subiu de 71 para 76 pontos, enquanto que o da KaBuM evoluiu de 51 para 75.

A Saraiva, por sua vez, passou dos 64 pontos em setembro do ano passado para 71 pontos em janeiro de 2018. Bernardo Canedo, diretor executivo do IBOPE DTM, revelou que essas pesquisas são fundamentais para as empresas criarem parâmetros e indicadores de satisfação, para que possam procurar evoluir cada vez mais.

ibope pesquisa lojas virtuais melhor avaliadas 01

Metodologia da pesquisa

Para chegar aos números atuais, os idealizadores da pesquisa entrevistaram duas mil pessoas de todo o país. Todo o processo ocorreu de forma eletrônica, com pessoas acima dos 16 anos de idade, das classes A, B e C. Os dados foram obtidos entre os dias 21 de setembro e 2 de outrubro de 2017.

Se consideradas as pesquisas anteriores, a Netshoes continua sendo a empresa líder em recomendações, com 73 pontos de média. Em seguida, aparecem a Zattini (que também pertence à Netshoes) com 67 pontos, e a Saraiva com 65 pontos. Graciela Kumruian, COO da Netshoes, revelou que o resultado é consequência dos esforços da empresa em garantir a melhor experiência para o usuário enquanto ele faz as compras.

E aí, amigo, o que podemos aprender com o e-commerce da Netshoes?