Uma preocupação recorrente na mente dos lojistas antes da Black Friday chegar ao Brasil era como ficariam as vendas do natal já que o evento ocorre apenas um mês antes. E uma pesquisa feita recentemente por especialistas revelou que a Black Friday não interfere nas vendas do natal, mesmo que as datas sejam muito próximas.

O estudo foi realizado em parceria com diversos profissionais, entre ele o professor Alberto Guerra (da FGV e pesquisador da FIA), Flávia Ghisi (FIA e Fundação Dom Cabral) e Marcos Angeli (FEA). O resultado vai de encontro ao pensamento de muitas pessoas que indicavam a necessidade de mudança da data da Black Friday, pois a proximidade com o natal poderia atrapalhar as vendas nas duas épocas.

black friday não interfere vendas natal

Números da pesquisa

A pesquisa mostrou que quase 73% dos consumidores não aproveitam a Black Friday para antecipar uma compra que seria feita no natal. O produto preferido dos entrevistados são os de uso contínuo e frequente, principalmente no setor de eletrônicos. E a maioria dos que aproveitam a data, é devido aos preços serem mais vantajosos.

Em contrapartida, 74% dos entrevistados não acreditam que as promoções sejam de fato reais, além de se frustrarem por muitos produtos de lançamento não serem vendidos no evento. Alberto Guerra alerta que em relação a isso o consumidor não deve criar expectativa, já que originalmente a Black Friday foi criada para os lojistas que queriam diminuir o estoque ou produtos de coleções mais antigas.

black friday não interfere vendas natal 01

Reputação da Black Friday

Para lojistas e pesquisadores, a reputação do evento foi manchada logo na sua chegada, pois vários consumidores relataram que as ofertas não condiziam com a realidade, inclusive sendo chamada de “Black Fraude”. Talvez por essa razão 36% dos brasileiros ainda não fizeram nenhuma compra na data, seja em loja física ou através do e-commerce.

Mesmo diante da desconfiança de alguns, o varejo ainda confia no evento como uma boa alternativa de aumentar as vendas. E vários fatores contribuem para isso, como o faturamento das edições anteriores e a lenta, mas crescente, recuperação econômica do país, o que estimula o consumo da população.

E aí, amigo, você acredita que as vendas da Black Friday não interferem nas vendas do natal?