Quem trabalha com marketing digital sabe como é importante construir bem o conteúdo de um site ou blog. Os critérios analisados pelo Google são determinantes na classificação da página, o que pode acabar atraindo ou prejudicando o tráfego de usuários. E no último dia 17 de janeiro, a gigante de buscas anunciou mudanças no rankeamento de páginas em dispositivos mobile.

O Google divulgou em seu blog oficial que a partir de julho de 2018 a velocidade de carregamento de página será um fator determinante no rankeamento em dispositivos mobile. Dessa maneira, endereços que demoram para aparecer por completo aparecerão em posição abaixo daqueles que carregarem mais rápido.

google mudancas rankeamento paginas mobile

Proposta do Google

Segundo o anúncio no blog oficial, a empresa percebeu que os usuários cada vez mais querem que as respostas apareçam o mais rápido possível no buscador, e estudos recentes comprovam isso. Entretanto, o foco maior na velocidade de carregamento era mais relevante em desktop do que em dispositivos móveis.

A nova proposta do Google está sendo chamada de “Speed Update”, ou “velocidade de atualização”, e vai afetar diretamente as páginas que não favorecem a experiência do usuário, principalmente as mais lentas. A medida incentiva os criadores a desenvolverem endereços otimizados, principalmente com conteúdos que favoreçam a funcionalidade da página.

google mudancas rankeamento paginas mobile 01

Principais fatores de rankeamento

Muitos são os fatores de rankeamento do Google, e apenas a empresa sabe como funciona todo o processo, mas conteúdo único e de valor, autoridade da página e velocidade de carregamento estão entre os principais. A organização ainda citou algumas das ferramentas que podem ser utilizadas para avaliar o desempenho da página.

Entre eles estão o relatório de experiência do usuário do Chrome, acessível a qualquer pessoa que tenha interesse em saber algumas as métricas de experiência; além do Lighthouse e o PageSpeed Insights. Aproveitando bem essas funcionaldiades, as páginas podem ser construídas de maneira que sejam bem avaliadas pelo Google, aumentando assim a quantidade de visitas diárias.

E aí, amigo, o que você achou da nova proposta do Google?