Falta apenas um mês para a Black Friday e as empresas esperam faturar bem no período, segundo as últimas pesquisas. Mas nem todas as marcas sabem como se preparar para esse evento, e muitas delas adotam estratégias da forma errada. Isso pode prejudicar muito o desempenho da empresa e comprometer as operações até mesmo dos meses seguintes.

Pensando nisso, o Google decidiu criar um site com dicas para a Black Friday, com vídeos e textos explicando como as marcas podem usar as ferramentas do próprio Google para aumentar as vendas. Até o dia 24 de novembro, especialistas disponibilizarão conteúdos tutoriais, utilizando as experiências dos últimos anos para serem usadas como referências pros lojistas.

Google site dicas black Friday

E-commerce brasileiro na Black Friday

A última Black Friday brasileira teve um total de 2,2 milhões de pedidos, segundo um levantamento do Ebit. Isso significa que a cada segundo foram feitos 34 pedidos, considerando o período de 24 horas. Esse número mostra a potência que o evento é no Brasil, e que mesmo em período de crise o consumidor está disposto a investir em produtos de seu desejo.

O site criado pelo Google já conta com algumas postagens. E em uma delas a empresa dá cinco dicas para as marcas expandirem seus negócios. Outra ferramenta que pode ser bastante útil, segundo as postagens, é a criação da listas de audiência, essencial para as marcas que desejam conquistar seu espaço em um cenário tão concorrido.

Google site dicas black Friday 01

Outras dicas do Google

Além de várias dicas de atividades que podem ser otimizadas através das ferramentas do Google, a empresa também criou um conteúdo mais abrangente para qualquer tipo de negócio que se envolva no Black Friday. Além disso, é possível ter acesso a pesquisas de mercado, com uma análise detalhada dos tipos de consumidores e o engajamento deles na rede.

Segundo o próprio Google, o objetivo da plataforma é preparar os negócios para esse momento tão importante do ano. O formato do material (vídeos e textos) foi desenvolvido de forma bastante detalhada para que o conteúdo seja assimilado da melhor forma, pois muitas das informações são desconhecidas por parte do público.

E aí, amigo, sua empresa está se preparando para o Black Friday?