Desde a última edição da Campus Party Brasil, sem o patrocínio da gigante Telefônica, parceira de anos, os rumores sobre o futuro da Campus Party Recife aumentaram. E as suposições não eram nada positivas. O Brasil é o único país no mundo onde acontecem duas edições do evento e a exclusividade pernambucana já está na ativa há 4 anos. No entanto, boas notícias chegaram: A Campus Party Recife 2016 está confirmada e acontece em formato inédito na cidade.

Novo formato da Campus Party Recife

Hoje pela manhã, em coletiva de imprensa realizada na Prefeitura do Recife, o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, adiantou como será o novo formato da edição 2016, que acontece 20 e 21 de agosto.

Segundo Francesco, a edição está confirmada para os dias 20 e 21 de agosto e, assim como suspeitamos, o evento será realizado durante um fim de semana inteiro. Começando no sábado e terminando no domingo, a edição desse ano terá 24h de conteúdos simultâneos divididos em 4 palcos: Inovação, Ciência, Principal e Empeendedorismo. Serão mais de 100 palestras. E mais: Espaço para Hackatons, mentorias, desafios e Área de Educação Digital mantida em parceria com a Prefeitura do Recife. O espaço  Startups and Makers também está confirmado e segue em negociação com Sebrae para patrocínio da estrutura.

Farruggia adiantou que no palco principal haverá muitas surpresas importantes, que ainda estão sendo negociadas e, por esse motivo, não podem ser divulgadas agora, mas serão confirmadas nas próximas semanas conforme forem fechadas todas as negociações.

Este ano a inscrição e credenciamento devem ser mais simples: não haverá conexão à internet através de cabos, apenas wi-fi, o que torna inviável o uso de grandes equipamentos (desktops), como aconteceu em anos anteriores. Além disso, esse ano o valor do ingresso custará R$ 50,00 para veteranos e R$65,00 para público “geral”.

Para o Prefeito do Recife, Geraldo Julio, o novo formato para o evento representa não só uma solução viável para que o mesmo ocorra, mas também, uma inovação em tempos de crise. Segundo ele, o evento representa uma estratégia de desenvolvimento para a cidade através da tecnologia e, por esse motivo, acredita no potencial e importância do evento. A expectativa é de receber aproximadamente 20 mil participantes esse ano. Além disso, a área “open campus” permanece confirmada e tem a capacidade muito maior de receber visitantes diariamente.

Assista à transmissão da coletiva abaixo:

 

Todas as informações disponíveis através do: http://recife.campus-party.org/

 

Falta de verba ameaçou edição de 2016

As dificuldades comentadas pelos organizadores do evento estavam relacionadas a ausência de um patrocinador oficial, uma vez que Governo do Estado e a Prefeitura do Recife estão passando por dificuldades de orçamento e não conseguiriam manter o formato sozinhos.

Desde de o começo do ano acompanhamos notícias sobre a negociação e quase perdemos a esperança de ter o evento este ano em Recife…

A virada…

No entanto, no último dia 20, a página brasileira do evento no Facebook divulgou a seguinte notícia:

A hashtag #CPRecifeWeekend dava sinais que o evento iria sofrer modificações em seu formato. Seria um fim de semana?

Já no último dia 03 outra nota oficial, dessa vez anunciando a data para a coletiva de imprensa em que serão divulgados todos os detalhes:

 

No twitter, o espanhol Paco Regageles também já tinha dados “sinais”…

E mais uma vez a confirmação!

Mas dessa vez a hashtag #CPRecifeViradaDigital confirmava não só alteração no formato do evento, sendo realizado no fim de semana, como a suposição de uma virada digital, tal como as conhecidas “viradas culturais”.

Seria a Campus Party Recife 2016 a mais intensa dos últimos anos? 😉