Olá amigos que buscam soluções para o crescimento nos índices de engajamento e alcance das páginas no Facebook. Meu recado é para vocês! =D

Estive no evento Treinamento Facebook Políticas Públicas, realizado na Câmara dos Deputados, onde, inicialmente, me perguntei: por que estou aqui escutando esse conteúdo tão introdutório? Depois, refiz minha pergunta: por que não estar aqui e captar o que muitas vezes esqueço de observar: a execução bem feita do feijão com arroz.

Chega de enrolação, vamos ao assunto!

 

Sobre o curso

treinamento-facebook

O treinamento foi oferecido pelo Facebook na terça (24), no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados em Brasília.

O objetivo era reunir assessorias de comunicação dos gabinetes parlamentares e áreas administrativas para apresentar as boas práticas e novas ferramentas da rede social.

Ministrado por Deborah Delbart, integrante da equipe de Políticas Públicas do Facebook, o curso introduziu e “nivelou” vários assessores sobre as funcionalidades da plataforma.

A nova iniciativa almeja aproximar a relação com figuras políticas e órgãos ligados ao governo.

 

Dicas

 

Algumas dicas para melhorar o desempenho das páginas foram listadas:

  • Customize sua URL: tenha o seu endereço de Facebook autêntico e próximo ao nome dado ao perfil. Saiba como fazer isso aqui.
  • Utilize as funções administrativas do Facebook de forma apropriada. Nada de compartilhar senha de perfis, ou criar contas para administrar páginas. Quem produz texto tem que ser editor. Se a pessoa só anuncia, tem que ter função de anunciante, dentre opções oferecidas. Está sem saber como aplicar esses conceitos? Clique aqui e veja como o Facebook disponibiliza esse recurso.
  • Tenha regras de uso claras. Se fulano de tal está usando termos pejorativos na sua página, você tem o poder de excluir o comentário ou banir o usuário, de acordo com as políticas estabelecidas pela sua página. Muita gente faz isso criando uma aba ou uma nota do Facebook.
  • Agende suas publicações: isso facilita o seu trabalho e organiza todo o processo. Verificou que está previsto para o próximo mês o Dia dos Namorados, por exemplo, já pense como serão os posts que você vai fazer. Veja como agendar conteúdos aqui.
  • Faça conteúdos que façam o dedo parar: o usuário está rolando a timeline dele. Nessa rolagem você concorre com a foto do filho do amigo que nasceu, com um gatinho bonitinho e, se o seu conteúdo não chamar a atenção, o dedinho do usuário não ficará estático na sua publicação

Cálculo de interesse

Como que o Facebook calcula a distribuição de conteúdo?

Confesso que fiquei muito atenta nesta parte da palestra.

Eu conhecia este modelo abaixo, o Erank:

edgerank

Porém, o cálculo apresentado por Déborah foi o seguinte:

C urtidas, comentários, compartilhamento e cliques.

+

I nteresse

+

P ostagem (frequência)

+

T ipo de conteúdo

+

R ecente

 

= ótimo DESEMPENHO

Se o seu conteúdo atende esses quesitos, ele vai ser entregue de forma mais rápida a um número maior de usuários.
Outra coisa que foi novidade quando eu escutei é que todo mundo recebe todos conteúdos em sua timeline. O fato é que as pessoas só descem a barra de rolagem até um certo limite.

Conteúdo é tudo

Então, fica aqui a resposta: não existe uma fórmula mágica a seguir. Existe a sua forma de conseguir atingir os resultados almejados.

Mas, afinal, o que é um conteúdo bom?

Ele tem que ser:

– autêntico, de forma que humanize as pessoas;

– interativo: chamar os usuários para o diálogo;

– criativo: inovar na forma de trazer a informação (infográfico, vídeo, memes).

– atual: fatos recentes e em primeira mão chamam a atenção das pessoas.

– visual: a imagem tem que impactar.

Aí fica a pergunta de muitos: posso fazer texto longo ou ele tem que ser curto? Independe. Tem conteúdos longos que dão certo e também curtos que performam bem.

Nessa mesma pegada, alguns se questionam: quantas publicações tenho que fazer durante o dia? Isso é algo que você tem que testar. Não existe um limite estabelecido de que x publicações são ideais durante o dia. Veja como é a aceitação do seu público quando você pública muitos posts e quando você limita a 2 ou 3 por dia ou semana.
Ou seja, testar é a regra.

Ufa, este foi o resumão do que aconteceu no evento. Legal, né? Dúvidas? Comente aí, que terei o maior prazer em respondê-lo.
Mesmo você que já está imerso nesse mundo, pare um pouco sua rotina e se questione: estou conseguindo acertar na programação? Eu conheço bem o que dá ou não resultado na minha página? Se você ainda tem dúvida nas respostas dessas questões, fica o convite: vamos testar?

 

Abração, gente, e até a próxima.