É TRETA!!! É TRETA!!!

Voooooocê está lendo o Digaí…

Então vamos direeeeeeeeeeeeto “pras” notíciasssssssss…

Se você também acompanha o que se passa no universo do YouTube BR, certamente deve ter reconhecido essa introdução e notado que, depois da filosofia da “zoeira” e “diboas”, parece que Treta vem se mostrando a palavra de ordem. Ou seria desordem?

Caso você não esteja a par dos últimos acontecimentos, relaxa (você vai precisar) e estoura uma pipoquinha (melhor do que se estourar também no meio dessa guerra) pois o que vamos tratar nesse texto é MAIS do que coisa de cinema. Afinal, no filme Guerra Civil, da Marvel, só existem dois lados para você escolher).

 

Começando pelo fim

2016 mal começou e, será que já começou mal?

A verdade é que a crise de 2015 já fez o ano fechar no vermelho. Vermelho sangue, para ser mais preciso. Pois a crise que eu estou falando não tem nada a ver com dinheiro. Embora envolva alguns milhões… De inscritos.

E quem diria que a primeira faísca de muitas polêmicas envolvendo os YouTubers no fim de 2015 seria com WESLEY SAFADÃO?

É isso mesmo que você acabou de ler: WESLEY SAFADÃO!

Mas ao contrário de Han Solo, o cantor não foi o primeiro a atirar.

A bala veio de quem já é bem conhecido por suas declarações polêmicas: Felipe Neto, que em seu Twitter postou “Mas esperar o quê de uma juventude q não escuta rock mas conhece todas do Wesley Safadão?”.

Mas o barulho mesmo começou depois que Safadão twittou em resposta: “Kkk sei que em breve vou te ver em um show meu, cara. Tá mais que convidado! Abs, Tmjsss”.

Aí a coisa ganhou proporções astronômicas com outras estrelas do YouTube como Rafinha Bastos e Anitta, além de contas até como a Felipe Neto Fans que tomou partido: “FELIPE QUE ME PERDOE MAS EU SOU TEAM SAFADÃO”.

Sem mencionar a foto do cantor com o livro do YouTuber entre outras coisas que não poderei me adentrar para dar espaço às outras tretas, que são muitas.

 

Tretas dos Rapers

Mussoumano, conhecido por suas batalhas de rap contra vários outros YouTubers, foi provocado por Tauz (raper com quem já rivalizava) de forma pública em seu canal. O antagonista já há muito tempo queria bater de frente com o outro que ele julgava apenas chamar amadores para suas batalhas com a finalidade de se sobressair sempre vitorioso.

Tauz postou um rap em sua FanPage sobre isso que, devido ao tamanho do barulho, foi removido por ele, mas a letra ainda permanece na rede. Eis um vídeo feito a partir da letra do post (antes de assistir é bom saber que a letra contém linguagem de baixo calão):

 

 

Não obstante, logo em seguida Mussoumano recebeu outra mensagem vinda de um raper. Só que dessa vez a proporção foi internacional.

O YouTuber Mac Lethal fez questão de fazer um video no qual alega que o brasileiro, embora já tivesse milhões de seguidores, vinha roubando o formato dos seus vídeos e questionou a legitimidade da sua obra. Eis uma versão traduzida do vídeo:

 

 

O nosso conterrâneo, não deixou por menos e falou que a plataforma está cheia de pessoas que usam formatos de outras e ele, apesar de ter quadros originais vinha sendo acusado de farsa por um vídeo que fez inspirado no raper do qual era fã. Veja as palavras do próprio:

 

 

TRETAS DOS FELIPES

 

Voltando para Felipe Neto, o próprio se revoltou após ser alvo de um fake que trouxe à tona as mensagens quentes que vinha trocando com o YouTuber pelo SnapChat fazendo-se passar por uma garota com a qual ele compartilhou tudo.

O vlogueiro reclamou dizendo que sua intimidade estava sendo exposta de maneira que iria prejudicá-lo e isso era passível de processo. Mas no fim das contas, tudo acabou sendo levado na brincadeira e, como no desenho Thundercats, todo mundo ficou rindo até o epsiódio acabar.

E, por falar em desenho animado, outro Felipe (dessa vez o Castanhari) causou o maior alvoroço ao postar em seu canal uma animação na qual Jesus Cristo era derrotado de forma humilhante por Goku de Dragon Ball Z.

Tal vídeo, entretanto, não demorou muito a ser excluído do canal por seu autor, que twittou: “Uma vez que eu percebi que muita gente tinha se ofendido, eu resolvi retirar ele do ar. Não quero fazer algo que ofenda profundamente vocês.”.

O que não demorou muito também foi alguém que, praticamente na contagem regressiva para 2016, publicou um vídeo que já entrou para a história do YouTube Mundial junto com Justin Bieber, Miley Cirus e Psy.

 

O REI DOS DISLIKES

Seu nome é Aruan Felix, e em poucos dias veio a se tornar o que ele mesmo chama de < Rei dos Dislikes >.

Sim. Ele estrou para a história do YouTube como uma das pessoas mais odiadas da Face da Terra. Até o momento da publicação desse texto, ele já conta com mais de Um Milhão Novecentos e Vinte Mil dislikes em apenas um dos seus vídeos.

Ou seja: ele tem quase DOIS MILHÕES de dislikes em um único vídeo (até a data de publicação desse texto) e já está pau a pau com o clipe Friday de Rebecca Black que ocupa o segundo lugar mundial de vídeos mais odiados do planeta, perdendo apenas para Baby de justin Bieber.

O vídeo em questão mostra Aruan em sua empreitada para quebrar a placa que ganhou de presente do YouTube em homenagem aos seus primeiros cem mil inscritos, até conseguir cortar o prêmio ao meio. No mesmo, ele diz que não quer mais cem mil, mas sim: Um Milhão.

Eis o vídeo tão polêmico:

 

 

Esse vídeo sacudiu a comunidade do YouTube como jamais havia acontecido antes com tantos YouTubers consagrados falando a respeito que não dá para postar todos aqui.

Muitos deles ficaram pessoalmente ofendidos devido ao sacrifício que todo Youber iniciante passa até chegar aos cem mil e a gratidão que têm ao receber a placa que, a propósito, só é enviada com o consentimento do autor do canal que deve preencher um formulário para recebê-lo de bom grado.

Resultado:

Ele conseguiu.

Sim. Aruan Felix hoje tem bem mais de UM MILHÃO de inscritos em seu canal. E não parou por aí.

Ele continua postando vídeos no mesmo dando (é claro) continuidade ao assunto que o fez tão famoso. Eis um dos seus envios mais recentes:

 

 

É MUITA TRETA VISH

E se 2015 acabou com Aruan Felix e suas polêmicas (sim, foram muitas), 2016 já começou pegando fogo.

Não. Isso não é força de expressão ou sentido figurado.

Embora pegando fogo seria uma boa maneira de se referir ao cenário do YouTube nacional (incluindo Twitter e Facebook dos produtores), a coisa realmente esquentou com outro YouTuber queimando seu colega de profissão. Ou melhor, queimando o livro da sua colega.

Bob Nunes, queima o livro da Kéfera e causa mais fuzuê trazendo outros YouTubers para essa polêmica. Veja abordagem do canal Treta News sobre isso:

 

 

Sim.

Já tem até canal atuando a todo o vapor cujo conteúdo é dedicado exclusivamente às tretas que estão acontecendo no universo YouTuber. Ou seja, as tretas apenas começaram e já existem muitas outras que também não dá para postar aqui e agora.

Então fique ligado para mais informações sobre esse fenômeno num próximo post.

E, se você sonha em fazer muito sucesso com o seu canal no YouTube (envolvendo tretas ou não), vou deixar aqui uma super dica pra você. O e-book “7 Lições Que Aprendi Com Os YouTubers De Sucesso”, escrito por Felipe Pereira traz altas sacadas sobre os maiores canais brasileiros os fatores que levaram ao sucesso de cada um. Vale a pena conferir!

Além do e-book, dá uma conferida neste vídeo aqui do Felipe, onde ele explica as 3 principais formas de gerar renda a partir do seu canal no YouTube. São dicas super válidas pra quem está começando nessa área 😉

DIGAÍ nos comentários qual você acha que é o maior motivo de tanta polêmica se alastrando pelo YouTube e seus produtores.

É nos comentários também que você pode fazer suas perguntas e dar sugestões para mais conteúdos como esse, que teremos o maior prazer em dar continuidade a essa conversa.

Se você quiser participar de um experimento que estou para fazer no meu próprio canal sobre isso, clique aqui AGORA e se inscreva.

E como sempre:

Muito sucesso para você!

Até a próximaaaaaaaaaaaaaaaa…