“Tem um buraco na minha rua!”

 

“Preciso que faça uma limpeza nos passeios das ruas do bairro…”

 

“Pode me informar os número dos ônibus…”

 

“Quais os pontos turísticos dessa cidade?”

 

“Essa cidade é uma m****…nada funciona direito, serviço ruim…”

 

Quando eu trabalhava para uma determinada assessoria de comunicação, recebíamos frequentemente vídeos de um mesmo usuário contendo denúncias de buracos de ruas, condições de asfalto, de saneamento entre outros problemas. Sempre em tom rude e com insultos, o arquivos era postado em uma página e, por mais que tentássemos apurar, resolver o problema e responder a este cidadão, ele vinha com mais reclamações, insultos e outros impasses, como um ciclo infinito de demandas.

 

Numa administração municipal, o diálogo com os cidadãos, assim como o contato com as suas demandas, são imprescindíveis. Isso serve para mostrar não apenas o empenho do município em atender seus moradores e problemas, como também aumentar a transparência de trabalho e gastos com as verbas e avisar às pessoas sobre as ações da prefeitura. Além disso, garantir a reeleição de seus políticos.

 

Embora o serviço que cabe ao Departamento de Comunicação Social tenha que existir e ser eficiente, a intensidade e a colaboração desse trabalho pode ser atenuada ou reforçada, de acordo com o tamanho e quantidade de solicitações de cada território.

 

 

https://twitter.com/Prefeitura_POA/status/684682245928542208

 

 

O Twitter, por exemplo, pode ser útil para informar situações corriqueiras, rápidas, além de servir para ajudar na cobertura de eventos, sempre sendo direto e sucinto.

 

 

Antes, é necessário checar quais plataformas chegarão ao seu público. Em cidades de médio a grande porte, o ideal seria as mais utilizadas (Facebook, Twitter, Instagram,), isso sem contar o apoio dos canais de massa (TV, rádio e mídia externa). Já em cidades menores, é necessário uma pesquisa de “consumo” de mídia para ver em qual você atinge a população.

 

 

Da roça à metrópole

 

Claro que o tamanho da cidade e sua realidade irão enfatizar ou diminuir o trabalho do assessor, do social media ou do profissional de comunicação. Em municípios pequenos e em áreas rurais, principalmente aquelas com distritos, arraiais e territórios afastados, será preciso um trabalho mais externo e direto. O trabalho precisará ser de um reforço de mídias de massa que atinjam a grande parte, como o RÁDIO, que chega desde o centro comunitário ao ouvido do senhor Joaquim, que está roçando pasto.

 

É o momento de falar  das melhorias, das ações e do aviso “portas abertas”, para qualquer reivindicação que beneficie aquela sociedade. A internet será uma ferramenta que precisa ser “puxada” nesses locais, para todos enviarem suas demandas, seja por meio de uma Fan Page, seja ligando para a estação, seja por telefone, ou até mesmo, pessoalmente.

 

 

Foto: Instagram Prefeitura de Teresina

Foto: Instagram Prefeitura de Teresina

 

 

 

O Instagram pode movimentar causas e aumentar a divulgação de notícias que afetem a cidade diretamente

 

Como essa…

 

 

https://www.facebook.com/prefeiturabh/photos/a.194067617322316.52444.141985452530533/1048992241829845/?type=3&theater

foto 2

Foto: Facebook Prefeitura de Belo Horizonte

 

 

Ajuda

 

Mesmo que seu trabalho esteja dando resultado, de acordo com as mensurações do seu departamento, a população pode optar por outros meios de mostrar demandas e reclamações, seja por meio de outras Fan Pages, sites ou até jornais impressos produzidos pela comunidade. É necessário mapear essas ações e respondê-las, não importando o nível de agressividade ou sarcasmo, e resolver aquela questão.

 

Geralmente, esses canais podem ter objetivos diversos, como provocar e ofender a Prefeitura, reclamar com uma abordagem imprópria ou, até mesmo, ações da oposição partidária. Mesmo o órgão estando errado, atrasado ou inerte, o profissional precisa encontrar meios de não aumentar a “polêmica” desses posts. É preciso separar o que é demanda de reclamação vazia.

 

Alguns aplicativos também podem ser aliados para selecionar as demandas e deixar a população informada, principalmente para turistas, como o Colab.re, Citta Mobi, Central 156, Go Talent, e vários outros de utilidade pública. Até mesmo a própria cidade pode produzir os seus de acordo com a necessidade.

 

 

Inscrições Processo Seletivo SAMUAs inscrições para o processo seletivo do SAMU encerram na próxima terça-feira! São 505 vagas disponíveis. Para participar do processo, o candidato deve se inscrever no link anunciado aqui: http://goo.gl/F9c2ebTEM VAGA PARA OUTRAS CIDADES, PREFS?Tem para Uberlândia e outras 16 cidades. Nesse link tem a quantidade de vagas para cada cidade: http://goo.gl/F9c2ebQUAIS SÃO OS CARGOS DISPONÍVEIS?Vem cá que te conto tudo: http://goo.gl/F9c2eb. ^_^ #MeuÓculosNinguémSai #ChamaOSAMU #SAMUemUberlândia #PrefUberlândia

Publicado por Prefeitura de Uberlândia em Quinta, 7 de janeiro de 2016

 

 

De acordo com Lucas Dias Fagundes, assistente de Business Intelligence em São Paulo, a importância de ter Fan Pages, Twitter e usar Apps urbanos em serviço com a prefeitura para a cidade, é uma forma de se aproximar do público e se fazer presente na vida das pessoas, já que dificilmente alguém se dispõe a entrar no site da prefeitura para buscar informação a não ser que realmente necessite. “Acredito que o retorno seja a uma relação de transparência e confiança a médio/longo prazo para a ambos.

 

Para que isso aconteça e esse valor seja percebido, é necessário que haja uma construção coletiva entre a prefeitura e a cidade. Assim como as notícias em cidades pequenas correm rápido, as mídias sociais potencializam o compartilhamento de informações sobre o que acontece na cidade e pode ser um ponto de apoio nas tomadas de decisões.”

 

Lucas ainda tem uma dica para os social media. “Minha sugestão é que sejam a voz da cidade, absorvam as demandas da cidade e cobre dos responsáveis uma solução para os problemas”. E para os usuários? “Passem as informações de forma clara e sucinta, e entenda que, às vezes, a solução não é instantânea. Sempre questione se realmente é a prefeitura que você deve acionar”.

 

 

Anuncia obras direito!

 

Construção de hospital, obras de melhoramento de tráfego de transportes, de saneamento básico, construções viárias, escolas, restaurante popular, etc. Tudo precisa ser extremamente chamativo, humanizado e criativo. Vai anunciar melhoras nos ônibus da cidade? Peça ao prefeito e sua equipe para andar nos ônibus e filmar tudo. Vai inaugurar uma praça ou centro de convivência social? Peça ao prefeito para filmar tudo com o próprio celular, chamando os cidadãos para fazer uma selfie e postar com o wi-fi do próprio local. UPAs, clínica ou centro de saúde? Grave a visita aos leitos, checando instalações, além dos já conhecidos protocolos da equipe de cerimonial e do apoio das mídias de massa.

 

A ideia é fazer a prefeitura chegar mais perto da cidade e de seu povo, usando de sua própria cultura de consumo de mídias. Tirar os secretários, vereadores, prefeitos e chefes do local físico e estar mais presente nas ruas é bastante interessante, pois causa sensação de proximidade para com os cidadãos. Além disso, é importante sempre utilizar do bom humor e de informações precisas. Seja engraçado e útil, simpático e sério, funcional e firme. Uma boa combinação de comunicação e prestação de serviço.

 

foto 3

Foto: Facebook Prefeitura de Salvador

 

O que achou desse artigo? Compartilha aí com a gente nos comentários!

 

 

Até a próxima!