Diga-me o que buscas no Google e te direi o que te interessa. Para a média dos brasileiros, por exemplo, BBB e Cristiano Ronaldo foram os assuntos mais pesquisados de 2015, seguidos do “Resultado do ENEM”. Mas, por que esse pode ser um dado interessante para você e para seu negócio?

 

 

O que as pessoas buscam?

 

Essa é uma pergunta que muito dono de negócio já se fez… O que as pessoas estão buscando mais nesse momento? O que é a moda atual? O que estão querendo comprar? Para qual problema estão buscando uma solução? Como diria uma criança de hoje, “para qualquer pergunta, todas as respostas estão no Google”.

 

Estão mesmo. Principalmente se você perguntar ao principal buscador do mundo o que as pessoas estão buscando. Não tem resposta mais certeira! Para isso, inclusive, o Google mantém uma plataforma própria: o Google Trends.

 

 

Aproveitando o Google Trends em seu projeto

 

Já na página inicial da ferramenta gratuita Google Trends, você encontra relatórios diários do que as pessoas mais estão buscando no Google, por categoria e por país. Os resultados aparecem, ainda, por pesquisas semelhantes e na ordem do volume de buscas. Como cereja do bolo, eles também são acompanhados de um link relevante para a notícia correspondente àquelas buscas. Ou seja, você descobre o que as pessoas estão buscando e ainda entende porque todo mundo está buscando por aquilo, naquele dia, lendo a matéria.

 

 

print-trends-1

Página inicial do Google Trends em 4/1/2015

 

 

MAS QUE DIABOS está fazendo as pessoas pesquisarem por “adele, alcione” – numa mesma busca – dia 4 de janeiro de 2015? Você pode clicar para ver os detalhes!

 

 

print-trends-2

Volume de buscas para “Adele, Alcione”, segundo o Google Trends.

 

 

Ok, Alcione tentou cantar Adele no programa do Faustão (ao ar no dia anterior) e parece que não agradou muito. Será que vai sair um meme daí? “Opa, se virou trending topic no Twitter, pode acontecer, sim!”. É assim que um gestor de mídias sociais esperto pode pensar, por exemplo.

 

Mas as ideias e decisões possíveis de se considerar analisando o volume de pesquisas no Google não param por aí…

 

 

Os 4 Ps do Marketing

 

Alguns profissionais da internet, notadamente os infoprodutores, utilizam o volume de buscas no Google para auxiliar nas suas decisões de marketing. É como a pesquisa de mercado, feita tradicionalmente por institutos de pesquisas, mas de uma maneira mais simplória – e grátis como um clique.

 

Por exemplo, digamos que você está trabalhando (ou pensando em trabalhar) com um negócio na área de alimentos naturais. Ao fazer uma pesquisa no Google Trends, é possível verificar a frequência com que o termo é buscado no Google. E como é que as pessoas pesquisam:

 

 

print-trends-an2

Pesquisas relacionadas a “alimentos naturais”, segundo o Google Trends.

 

 

“Produtos naturais” é o termo relacionado mais buscado. Além dele, temos, com menos relevância: receitas naturais, sucos naturais, termogênicos, termogênicos, termogênicos, termogênicos… e lá no final, suplementos naturais.

 

Dependendo do seu ramo de atuação, este resultado pode te levar a definir seu próprio produto: será um e-commerce de produtos naturais? Um site de receitas naturais? E também pode te ajudar a definir, por exemplo, uma isca para promoção, um foco para o conteúdo, ou um termo a se usar no SEO, por exemplo.

 

Também dependendo do seu ramo, você pode ver em quais cidades existem mais interessados e determinar a praça do seu produto ou do seu anúncio. Ou seguir apurando suas buscas no Trends até levantar mais informações.

 

 

print-trends-mapa

Interesse regional para o termo “alimentos naturais”, segundo o Google Trends.

 

 

Decidindo seu negócio usando as buscas no Google

 

Refazendo a pesquisa no Google Trends para “produtos naturais”, que se mostrou mais relevante do que “alimentos naturais”, encontramos que o que as pessoas mais buscam, nesse ramo, é onde comprar produtos naturais:

 

 

print-trends-pn

 

 

Se você estava pensando em comércio de produtos naturais, parabéns. Nós verificamos que existe um interesse real de pessoas buscando comprar esses produtos. E elas ainda não sabem onde. Tá bom ou quer mais? 🙂

 

 

Uma mina de ouro inexplorada

 

Agora, fala a verdade: quantas pessoas você acha que já conhecem essa mina de ouro de dados do mercado que é o Google Trends? Entre os meus conhecidos, tem bem poucos. Alguns até conhecem a ferramenta, mas ainda não a utilizam de forma estratégica para auxiliar nas suas decisões de negócio. Mesmo sendo simples e gratuita. Apesar desse cenário, saiba que a caçada a esse ouro já começou. E quem chega primeiro, obviamente, leva mais.