Acho que todo mundo um dia já pensou: “Como seria bom se eu pudesse trabalhar menos, ganhar mais dinheiro e ter mais tempo para a família”. Se você se identifica com esse pensamento, gostaria de dizer que você está no lugar certo e na hora certa. Continue lendo este artigo que você vai entender aonde estou querendo chegar e como você pode realizar esse desejo antigo.

 

Algumas semanas atrás estava conversando com o Fagner Borges sobre seu novo projeto: o Freesider Digital. É uma espécie de comunidade, misturada com estilo de vida, bastante interessante e por isso resolvi escrever esse artigo.

 

Vejo várias pessoas reclamando de sobrecarga em relação à vida profissional. A sensação que as pessoas têm – talvez você seja uma delas – é sempre a mesma: muito trabalho, pouco tempo e cada vez menos dinheiro para aproveitar os momentos de lazer.

 

Sobre isso, eu te faço uma pergunta: já pensou em trabalhar em um cenário paradisíaco – uma espécie de estimulante natural – ao mesmo tempo em que se diverte e aproveita momentos únicos com os amigos? Ou então trabalhar na sua própria casa tendo mais tempo para usufruir de momentos de prazer com sua família? Parece ser coisa de outro mundo, não é mesmo?

 

Eu entendo, perfeitamente, caso você me diga que é muito difícil que isso possa acontecer. Mas vou te dizer: não é algo de outro mundo. Basta você entender que existe um caminho e trilhá-lo.

 

E esse caminho se chama “Freesider Digital”.

 

 

O que é o Freesider Digital?

 

Antes de falar sobre o Freesider Digital, é importante esclarecer o que é um Freesider. Os freesiders são pessoas que não abrem mão da liberdade. Liberdade não é algo absoluto, é uma espécie de sentimento que depende do ponto de vista e da perspectiva de cada um.

 

A palavra Freesider, do ponto de vista da liberdade, significa ser livre para fazer o que quer. Não é “pensar fora da caixa”, é não ter uma caixa.

 

 

 

 

Ser Freesider é não ter regras para seguir. Na verdade, você cria suas próprias regras. É não se sentir preso física nem mentalmente, pois a liberdade surge desde o pensamento. Essa relação está muito presente na vida profissional. Se você trabalha com o que gosta, não precisa cumprir horário, pode trabalhar onde quer, quando quer e pelo tempo que quer, você é um Freesider, você é livre para fazer o que deseja.

 

Se você quebra paradigmas, muda tendências, deixa tudo do seu jeito, e ainda é capaz de fazer o impossível para conquistar o trabalho e a liberdade que deseja, você é um Freesider.

 

Freesider significa viver a vida ao extremo. Um Freesider não tem limite de tempo e nem de geografia. Ele pode trabalhar em casa, dentro de um quarto, ou em um restaurante em frente à praia, por mais distante que ela seja de sua casa.

 

E é justamente por todas essas características que um Freesider é capaz de alcançar o inimaginável, seja na vida pessoal ou profissional. Um Freesider encara e ultrapassa todos os obstáculos em busca de uma liberdade que muito provavelmente não teria se continuasse no comodismo.

 

Imagine uma pessoa que trabalha como freelancer, atendendo clientes de acordo com seu interesse sem horário fixo. Ou alguém que trabalha através da internet, criando blogs, produtos e serviços, e tem liberdade para escolher o melhor horário para trabalhar. Imaginou? Pois é!

 

Existem vários perfis de profissionais. Há os que preferem trabalhar durante o dia e há os que rendem mais trabalhando à noite. Caso você queira ser um Freesider, terá a oportunidade de escolher o horário e o cenário, tudo de acordo com o seu perfil, não é o máximo? É por isso que você tem a chance de trabalhar sem preocupações paralelas como trânsito, chefe, cumprimento de horário e banco de horas.  

 

Isso é ser um Freesider.

 

Mas antes de eu te explicar como se tornar um freesider, será que esse estilo de vida é pra você?

Freesider é pra mim?

 

Se você está dúvida se esse estilo de vida é pra você, deixe-me fazer algumas perguntas. Responda para você mesmo com muita sinceridade:

 

  • Você gostaria de dedicar mais tempo à sua família?
  • Você está cansado da sua rotina e gostaria de ter liberdade para trabalhar com o que quiser e onde quiser (mesmo que ainda não saiba exatamente com quê)?
  • Você gostaria de conciliar trabalho e vida pessoal, viajando para lugares diferentes e conhecendo novas culturas e pessoas?
  • Você preza pela liberdade e, por isso, não tem medo de encarar desafios?

 

Se você respondeu SIM a pelo menos uma dessas perguntas, o FREESIDER é pra você!

 

E ainda te digo mais: não há limites nem posição para quem quer ser um Freesider. E isso quem decide é você, porque só você tem o PODER de escolha. E existem vários benefícios de ser um Freesider.

 

 

Quais as vantagens de se tornar um Freesider?

 

Existem várias vantagens em ser um Freesider e neste artigo eu vou falar de 4 delas.

 

Você não precisa cumprir horários rígidos

 

Ser Freesider é não precisar funcionar de acordo com a hora. Se você acha que tem um melhor rendimento pela manhã, desenvolva seus projetos nesse turno. A mesma coisa serve para você que “funciona” melhor à tarde ou à noite.

 

Não estou falando de não trabalhar, mas sim de trabalhar no horário que bem entender. Você não precisará bater ponto ou trabalhar de acordo com um determinado horário de expediente. Vantagem fantástica essa, não acha?

 

Trânsitos caóticos nunca mais

 

Passar horas no trânsito durante o deslocamento de casa para o trabalho, e depois, novamente, do trabalho para casa é bastante estressante, independentemente do tipo de transporte que você utiliza para trabalhar. Ser um Freesider é ter o privilégio de poder trabalhar de casa e não se preocupar com o horário de “pico” na hora de voltar pra casa.

 

 

 

 

Mais tempo para família e lazer

 

Sem dúvida, esse é um desejo de muita gente. Todos sabemos que conciliar o trabalho ao tempo que quer dedicar à família é uma verdadeira luta. Se você quer mais dinheiro, obviamente vai ter que trabalhar mais, e trabalhar dobrado exige mais tempo dedicado. E quem já tem uma rotina corrida e muitos afazeres profissionais acaba tendo que tirar esse tempo daquele pequeno banco que dispõe à família.

 

 

 

 

Ser Freesider é não precisar optar entre a família ou o trabalho. Ser Freesider é poder fazer escolhas sem que seja necessário abrir mão de outras atividades essenciais. Ter mais tempo para a família e para o lazer é fenomenal.

 

Oportunidade de conhecer vários lugares

 

Aqui é uma questão de lógica. Se você tem mais tempo livre e pode trabalhar a qualquer hora e de qualquer lugar, você terá como visitar mais lugares, viajar mais, conhecer novos países, aprender outras línguas, entender novas culturas e até praticar esportes radicais, atividade que exige tempo e lugares apropriados. Oportunidades vêm de desafios. E para encarar desafios, o tempo livre pode ser um fator fundamental.


 

Freesider Digital X Nômade Digital

 

Algumas pessoas nunca ouviram falar em Freesider. E Nômade Digital? Você já ouviu esta expressão?

 

Nômade Digital é um tipo de Freesider. É o nome dado a pessoas que se aproveitam de tecnologias e da internet para realizar atividades profissionais em qualquer lugar e a qualquer momento.

 

Eu vou te explicar melhor como funciona essa relação.

 

Internet e tecnologia são palavras bastante conhecidas, pois elas fazem parte de um novo mundo. Estamos vivendo na Era da comunicação, da internet, da comunicação e da tecnologia. Esse mesmo mundo que constrói e desconstrói, que muda constantemente e que vem passando, dia após dia, por uma revolução assustadora, afinal, as mudanças parecem ter, cada vez mais, prazo de validade. Tudo muda o tempo todo, mesmo que você não enxergue as mudanças.

 

 

 

 

O avanço tecnológico tem mudado bastante a forma como o mundo funciona. E é justamente por conta dessas mudanças que alguns tabus estão sendo quebrados – graças também à nova sociedade e maneiras inovadoras de pensar que estão surgindo.

 

Usando a internet, empreendedores têm se tornado empreendedores digitais. Quem tem expertise em vendas tem comercializado produtos pela internet. Profissionais de diversas áreas têm oferecido seus serviços pra pessoas em todo o mundo.

 

E quando fazem isso, alguns ganham tempo mais livre para curtir sua casa e sua família. E outros que apreciam desafios abrem mão de uma moradia fixa. Eles tornam-se nômades digitais, vivem viajando, morando em diversos locais, seja conhecendo outras culturais ou praticando esportes radicais.

 

 

Falando em viagens e esportes radicais…

 

Todo Freesider ama viajar e não abre mão de aproveitar a liberdade para trabalhar em lugares encantadores com cenários realmente estimulantes e relaxadores.

 

Muitos são fascinados por viagens e esportes radicais. Esses esportes são, inclusive, os responsáveis e inspiradores das melhores ideias, as ideias que viram negócios, que fluem nos pensamentos e que dão certo.

 

 

 

 

Além disso, a prática de esportes radicais funciona como uma válvula de escape. Quem não deseja, pelo menos uma vez ao mês, sair da rotina, deixar de ouvir o barulho da buzina dos carros, não mais enfrentar trânsitos caóticos, cumprir horários, ter hora pra tudo e seguir regras do início ao fim do dia? Acredito que todo mundo já pensou nisso algum dia.

 

Esportes radicais causam frio na barriga. São capazes de estimular você a enfrentar novos desafios, por mais perigosos que sejam. Eles estimulam a liberação de adrenalina no corpo, dando aquele choque que precisamos em alguns momentos da vida.

 

Descer numa gigantesca montanha de neve com ski parece ser um simples ato, mas pode ser transformador. Esse ato é capaz de permitir que você vá mais além. Você tem a chance de se superar e ter mais auto-confiança.

 

Ficou empolgado? Imagina, então, fazer tudo isso e, naquele tempinho livre, trabalhar em uma paisagem afrodisíaca? Sensacional, não acha?

 

Um Freesider pode investir nas experiências mentais, aquelas adquiridas, principalmente, em viagens. Pode se jogar de asa-delta e ver novos horizontes. É enxergar o mundo lá de cima, com outros olhos, e sentir um turbilhão de sensações unido a mais um turbilhão de pensamentos.

 

 

Como se tornar um Freesider?

 

Todas as pessoas que desejam ser livres merecem desfrutar de um estilo de vida Freesider, seja para viver como um nômade ou simplesmente ter mais tempo e liberdade pra curtir os bons momentos com a família.

 

É por isso que agora vou falar um pouco pra você sobre a Quarta Jornada da Liberdade, um evento que está reunindo milhares de pessoas interessadas em ser independentes sem precisar seguir regras ou pensar de acordo com mandamentos.

 

O evento é online e gratuito, começou dia 29 de maio e vai até o dia 13 de junho de 2017. Neste encontro, o idealizador Fagner Borges vai explicar mais sobre os Freesiders e te ajudar a entender o que essas pessoas fazem e como elas se organizam para viver de um modo que muitos brasileiros duvidam.

 

A Jornada da Liberdade vai te ensinar os caminhos que devem ser seguidos para que você consiga alcançar todos os seus objetivos e tenha a vida que sempre quis.

 

Se você se identificou com tudo o que eu mostrei durante esse artigo e, de fato, quer mudar de vida, ter mais liberdade e viver a vida dos seus sonhos, não deixe de participar da Quarta Jornada da Liberdade.

 

Aproveite e compartilhe este artigo nas suas redes sociais, convide outros amigos!

 

 

Para saber mais informações sobre o Freesider Digital, clique no botão abaixo:

 

 

Aguardo você lá! 😉