Criar uma comunidade em torno de seu negócio, produto ou serviço, seja ele digital ou não, é uma estratégia poderosa usada por grandes nomes e marcas do mundo empresarial. Talvez você não se deu conta, mas certamente participa ou já participou dessa estratégia.

 

Criar uma comunidade dá trabalho. Exige organização, disciplina, tempo e muita paixão pelo que faz. Já pensou em formar uma comunidade ao redor da causa na qual você acredita? Uma comunidade que reúna pessoas baseada na sua missão de vida? Uma comunidade para seu negócio digital?

 

 

O que é uma Comunidade?

 

O conceito de comunidade refere-se a uma agremiação ou grupo de pessoas que compartilham algo em comum, como uma história comum, um objetivo comum, uma determinada área geográfica ou práticas comuns, como as comunidades virtuais, comunidades escolares.

 

 

Qual o Propósito de Criar uma Comunidade?

Um dos propósitos da comunidade é ouvir as necessidades de seu seguidor ou cliente e produzir conteúdos, produtos e serviços baseado no que eles relatam. Pode parecer difícil ouvir pacientemente todas as ideias, algumas boas outras nem tanto, mas receba todas e tente priorizar aquelas que causarão maior impacto e não esqueça de reconhecer a participação de todos.

 

É inevitável que em comunidade as pessoas se sintam ouvidas e valorizados, sabem da sua preocupação em melhorar a cada dia seu negócio, e isso gera consequentemente uma espécie de cliente satisfeito. O seu desafio é fazer com estas pessoas se sintam parte de um grupo e que todos compartilham dos mesmos objetivos.

 

 

shutterstock_248475682

 

 

Como Criar uma Comunidade?

 

Hoje, com a internet ficou mais fácil você criar uma comunidade em torno do seu negócio. Use as novas tecnologias e descubra quais delas seu público mais utiliza. Existem várias ferramentas que você pode usar para se comunicar com o público e geralmente são gratuitas, como: Facebook, Fóruns, Portal de Membros, Grupos no Whatsapp, criar eventos em torno a sua marca e negócio, entre outros. Uma comunidade pode ser formada em torno de qualquer  modelo de negócio, use sua criatividade.

 

Em seu blog, o empreendedor digital Ramon Tessmann, fala em criar eventos em torno de sua marca “a ideia é fortalecer a comunidade, aproximar as pessoas, deixar que elas selem parcerias entre outras coisas – tudo acontecendo em torno do seu negócio. Mas a estratégia de criar uma comunidade precisa estar bem estrutura para não fugir do controle.”
Segundo Revista PENG, “Você precisa ir onde sua comunidade (público alvo) está e não o contrário.”

 

Uma prática muito usada no marketing digital é criar grupos abertos de pessoas com interesses em comum ou grupos fechados no Facebook. Esta última é muito usada por produtores de cursos e soluções digitais para colocar seus alunos em contato uns com os outros para trocar experiências. Cria-se uma comunidade em torno de uma necessidade “querer aprender”.

 

Lembre-se que é importante estabelecer regras e deixá-las claras para os participantes da comunidade. No mais, estimule os membros a participarem de debates e reuniões. Ouça o que as pessoas tem a dizer de sua marca, produto ou serviço. Dessa forma você poderá melhorar a performance do negócio ou produto a partir do feedback dos seus seguidores ou clientes.

 

 

Quais as Vantagens de Criar uma Comunidade?

 

Cito algumas das vantagens de se criar uma comunidade em torno de seu negócio ou marca:
– Os seguidores podem se tornar clientes habituais seus;
– Todos nos queremos fazer parte uma espécie de tribo, ser aceito em comunidade. Quais são as suas tribos?
– Os seguidores irão defende-lo caso cometa erros. Não que você não responda por isso ou que os membros da comunidade sejam coniventes com a situação, mas serão os primeiros a não colocar mais lenha na fogueira porque conhecem as suas preocupações e boas intenções;
– Comunidade forte significa audiência, visitas, engajamento e referência;
– Visibilidade para seu negócio e ou marca;
– Estabelecer novas conexões e recrutar pessoas com habilidades e conhecimentos que se encachem em seu negócio, entre várias outras vantagens.

 

 

Comunidade Gera Aprovação Social?

 

A prova social pode ser considerada uma vantagem de se criar uma comunidade. Imagine que um grupo de seguidores e clientes satisfeitos com seu serviço e ou produto entrem em contato com um grupo de pessoas ou leads que estão conhecendo você, sua marca e negócio neste momento. O que o cliente satisfeito falará para o recém chegado? Imaginou o impacto disto no seu negócio? Eles se tornariam influenciadores de opinião e as vendas podem disparar.

 

A aprovação social é sem dúvida uma forte arma de persuasão, seja ela em negócios off-line ou on-line. No livro, As Armas da Persuasão, escrito por Robert Cialdini, o autor fala que “…5% das pessoas são decisoras e 95% são imitadoras.” Eu mesma participo de várias comunidades no Facebook e em algumas certamente sou mais ativa do que outras. E um bom lugar para estabelecer conexões e buscar provas sociais referente a algum produto ou serviço.

 

Nunca deixe de participar da comunidade que você criou. Responda, interaja, pergunte, estimule, inove e motive a sua comunidade. Serei até mais ousada em dizer que em tempos de crise formar uma comunidade em torno de negócio pode ser uma excelente estratégia.

 

As pessoas querem sentir-se valorizadas e aceitas; fique próximo a elas, entenda o que elas querem e fale a sua língua, assim será mais assertivo nas decisões no seu negócio, marca, produto ou serviço. Adeque seu negócio ao o que o cliente quer e a comunidade pode ser um caminho para buscar estas valiosas informações.

 

E você, participa de alguma comunidade?

 

Já criou uma comunidade e quer compartilhar a sua experiência? Digaí nos comentários!