ATENÇÃO! VOCÊ CONHECE UM SISTEMA DE EMPREENDER QUE SEJA CAPAZ DE MOVIMENTAR CENTENAS DE BILHÕES DE REAI$ POR ANO NO BRASIL?

 

Faaaala, caro leitor e estimada leitora aqui do Digaí. Estamos nessa empreitada de escrever o passo-a-passo, o método para ajudar você a ter um negócio. Nos dois posts anteriores, falamos sobre Por Onde Começar o Teu Negócio Online  e Como Escolher um Nicho Lucrativo. Porém, excepcionalmente nessa semana, eu quero abordar um tema diferente, ainda assim totalmente ligado ao empreendedorismo e na continuidade da empreitada Como Montar um Negócio Online.

 

 

SERÁ QUE VOCÊ SABE?

 

Talvez sim, talvez não. Na verdade, meu caro leitor, o assunto que quero tratar com você é o Mercado de Franquias. Mas, o que franquias têm a ver com o post anterior? Simples, franquia é um nicho, e muito lucrativo por sinal. Faturam centenas de bilhões de reais por ano no Brasil.

 

O Sistema de Franquias teve seu início no começo da segunda metade do século 19, nos Estados Unidos e em meio à sua guerra civil – conhecida também como guerra da secessão, contada romanticamente no filme E o Vento Levou!

 

O início foi marcado quando a fábrica de máquinas de costura Singer abriu uma rede de revendedores. Provavelmente para costurar as fardas dos soldados.

 

 

O QUE É UMA FRANQUIA?

 

Franquia, também conhecido como Franchising, nada mais é do que um sistema de negócios que possibilita ao empresário realizar a expansão de sua empresa em um determinado mercado, concedendo a uma terceira pessoa o direito de usar a marca. Esta definição é oficial e reconhecida pela lei 8.955/94. Aqui no Brasil esse sistema tem poucas décadas de vida.

 

O empresário que decide expandir os negócios de sua empresa pelo sistema de franquias é conhecido como franqueador e a pessoa (física ou jurídica) que decide comprar uma franquia é reconhecido como o franqueado. Junto com a concessão do direito de uso da marca, o franqueador concede ao franqueado também o uso do sistema de produção dos serviços, design da loja, sistema de produção dos produtos, matéria-prima a ser usada na produção, vestuário dos funcionários, etc. Enfim, ocorre uma padronização. As franquias devem estar em conformidade com a “matriz” em tudo o que diz respeito à marca.

 

Eu vejo o sistema de franquias como uma parceria em que ambos ganham. O franqueador ganha porque sua empresa será expandida regionalmente, ou até mesmo nacionalmente e cada franqueado ganhar por ter aberto o próprio negócio que já estava com seu modelo em funcionamento.

 

 

COMO FUNCIONA O SISTEMA DE FRANQUIAS?

 

Imagine que você é um empresário do micronicho de alimentação saudável. Você tem 3 restaurantes bem estruturados e de sucesso, mas gostaria de expandir o seu negócio. Contudo, esses 3 restaurante já ocupam todo o tempo que você tem para administrá-los. Então você contrata um consultor de negócios que vai ajudar você a preparar a tua empresa para disponibilizar a venda das franquias.

 

Você recebe propostas de pessoas que querem comprar uma franquia da tua empresa. Então, depois de passar por um processo de seleção, preencher alguns pré-requisitos, quem comprar uma franquia do teu negócio estará ajudando você a expandir sua empresa e você a terá ajuda a ser dona de um negócio.

 

Mas, por que devo abrir uma franquia?

 

Será que ela é um bom negócio para mim?

 

No próximo post vamos ver as respostas dessas e de outras dúvidas sobre franquias.

 

Não sei se você sabe, mas dos dias 19 a 25 de outubro de 2015 vai acontecer o CONAFR – Congresso Online Abra uma Franquia. Este evento é para quem deseja abrir uma franquia ou expandir seu negocio através de franquias, mas tem duvidas e não sabe como fazer. Clique no link e se inscreva. É GRÁTIS.

 

Se você achou útil esse post , compartilhe com seus amigos, divulgue nas redes sociais, ajude a espalhar o conhecimento e deixe o seu comentário abaixo.

 

Um forte abraço

 

Até a próxima!