Quem nunca ficou vários minutos tentando ajeitar o enquadramento para não cortar a cabeça de alguém, ou ter que tirar uma pessoa da foto por conta do formato do insta?

 

Se você já passou por esse drama, comemore aí, porque essa angústia de ter que se ajustar ao quadrado acabou.

 

 

Mudança nas regras do jogo

 

O Instagram finalmente percebeu que tem momentos que não cabem em um quadrado. E que esta escolha estava limitando a experiência dos usuários com a ferramenta. Então, na semana passada, o blog oficial do Instagram anunciou a possibilidade de publicar imagens na orientação que o usuário preferir, seja ela vertical, seja horizontal. Até mesmo fotos quadradas continuam liberadas.

 

A mudança é a primeira grande alteração do serviço de compartilhamento de fotos em redes sociais desde que o Facebook o comprou por 1 bilhão de dólares em 2012 e visa os desejos de muitos de seus 300 milhões de usuários, que tem sido restringidos pelo formato quadrado.

 

Com a novidade, vão-se as barras brancas, que eram usadas em apps para adaptarem o formato da imagem e o feed do usuário será preenchido com uma foto na proporção correta.

 

A medida muda bastante a proposta do aplicativo, que até hoje limitava usuários à proporção 1×1, que não é ideal e restringe bastante a criatividade do fotógrafo. Agora o tamanho das imagens são variáveis. O usuário pode recortar a imagem manualmente, entre os formatos 1.91:1, o mais chato, até 4:5, que é o mais próximo do quadrado, porém o modelo padrão continuará sendo o quadrado.

 

Talvez a mudança seja uma aposta da empresa para atrair mais anunciantes e impedir que usuários desertem para serviços mais flexíveis como o snapchat.

 

Com os formatos retrato e paisagem, ambos os usuários: anunciantes e pagantes passam a ter disponíveis mais opções. Só para se ter uma ideia, embora o anúncio na plataforma ainda ainda esteja num estágio inicial, o Instagram deve gerar quase 600 milhões de dólares em receita de anúncios até o fim deste ano e 2,8 bilhões de dólares em 2017, de acordo com projeções da empresa de pesquisas eMarketer.

 

 

 

Como funcionará a mudança?

 

Ao selecionar a foto ou vídeo em sua biblioteca, haverá um pequeno botão para fazer o ajuste. Ao tocar sobre ele, você poderá definir se a imagem vai ser enviada como retrato ou paisagem. Então, basta compartilhar para que seus amigos vejam todos os detalhes capturados pela sua câmera.

 

Outra mudança no aplicativo é que os filtros agora são universais. Isso significa que é possível usar filtros de fotos nos seus vídeos ou os filtros de vídeos nas suas fotos.

 

Então acaba aqui um dos pilares mais icônicos da rede social: o formato square.  Encerram-se as possibilidades daquele registro cheio de emoção e alegria cortado (literalmente) pelo formato das fotos do Instagram. Isso será uma novidade boa para os vídeos e para marcas.  Para poder publicar imagens horizontais ou verticais é preciso ter a versão mais recente do app instalada.

 

Já atualizou o seu? Conte pra gente o que achou da nova versão do app nos comentários!