O Google introduziu pela primeira vez o Material Design em 2014 e construiu uma nova linguagem de design com a ideia de que, assim como palavras, objetos físicos existem para se comunicar. Enquanto o material design é usado principalmente em conjunto com o flat design, ele não está limitado a sua aplicação e pode ser aplicado a muitos outros tipos de design. O Google teve dois principais objetivos ao desenvolver sua nova linguagem visual:

 

• Criar uma linguagem visual fundindo princípios clássicos do design com inovação e tecnologia;

 

• Projetar um sistema que permitiria uma experiência unificada em várias plataformas.

 

Desde a sua formação, o material design foi incorporado à maioria dos aplicativos para Android, incluindo YouTube, Gmail, Google Drive, Google Sheets, Docs and Slides, Inbox, Google Maps e todos os aplicativos do Google Play-branded. Além disso, a linguagem de design tem sido utilizado em menor grau no navegador Chrome e Google Keep.

 

O material design não é algo que o Google criou esporadicamente, mas tem sido parte de uma evolução do design. A empresa tem trabalhado nessa forma de comunicação há vários anos.

 

O objetivo do material design é retirar todos os componentes desnecessários (sombras, gradientes, texturas e assim por diante) a fim de fornecer um olhar limpo e minimalista aos projetos. Ao fazer isso, os projetos tendem a ter tamanhos menores de arquivos que, por sua vez, levam menos tempos de carregamento e com menor uso de dados – o que é especialmente importante devido ao crescente mercado dos dispositivos móveis.

 

 

Princípios fundamentais do material design

 

Vários princípios fundamentais orientam a execução do material design. Os componentes mais importantes do projeto estabelecidos pelo Google são as seguintes:

 

Material como uma metáfora: Pense no design como material, como papel e tinta ainda aberto à imaginação e magia.

 

Seja corajoso, gráfico e intencional: Use os elementos básicos de design baseado em impressão, incorporando escolhas deliberadas de cor, tipografia de grande escala e o uso intencional de espaço em branco.

 

Use Movimento para transmitir um significado: Presenteie o usuários com objetos sem quebrar a continuidade da experiência. Isto inclui o fornecimento de transformação perfeita e reorganização.

 

 

Aprenda com o Google

 

 

Procure o material design, ele ganhará grande força neste ano, à medida que mais e mais sites e aplicativos começarem a utilizar o conceito em seus projetos. Para obter uma melhor compreensão do projeto de material, basta dar uma olhada nos diversos aplicativos que o Google atualizou ou lançou recentemente.

 

A empresa está escrevendo um fascinante estudo de caso para saber como o redesign do projeto atinge o DNA de uma gigante da tecnologia. O MD é marcadamente mais limpo, buscando criar uma identidade única. Porém, o material design ainda me parece ser bastante anônimo, carente de exclusividade ou de personalidade ou ponto de vista. Por enquanto há espaço para experimentação e melhorias.