Em apenas 54 horas, os cerca de 80 participantes da Startup Weekend Recife se conheram, bolaram ideias, defenderam seus projetos e receberam orientação de especialistas para desenvolver as iniciativas selecionadas. Ao final dessa “maratona”, a STWRecife divulgou os três vencedores:

 

1º lugar – PEGUEI

Aplicativo criado para facilitar o contato das empresas com seus clientes. Funcionando por meio do princípio da geolocalização, ele indica aos consumidores promoções que estejam sendo oferecidas por lojas próximas a eles.

 

2º lugar – TRICE

Uma rede social que tem duração determinada e localização restrita que pode ser utilizada por estabelecimentos como bares e restaurantes com o objetivo de promover a interação entre seus clientes;

 

3º lugar – PREÇO NA PRATELEIRA

“Onde compradores comparam e o mercado se divulga”. O aplicativo se propõe a ajudar os consumidores a encontrar produtos mais baratos, saber o tamanho das filas de pagamento nos estabelecimentos localizados em seu raio de interesse e avaliar o custo versus benefício de se deslocar para mais longe no intuito de encontrar produtos mais baratos.

 

Eduardo Rocha, organizador da SWRecife, explicou que os grupos (12 no total) receberam orientação de 18 monitores que acompanharam os processos de validação e desenvolvimento das ideias. O objetivo era que os participantes entendessem todo o caminho entre a sacada inicial para um app, por exemplo, até a execução final do projeto. Para isso, eles contaram com a ajuda de especialistas em design, desenvolvimento, marketing e administração.

 

Ao final de dois dias de “mão na massa”, as ferramentas criadas foram avaliadas por uma bancada de jurados. As três vencedoras foram selecionadas por terem apresentando os melhores resultados em quatro quesitos: modelo de negócio, validação, execução e design. Para Rocha, o que chamou atenção na ideia vencedora foi, principalmente, a desenvoltura do grupo na etapa de validação. “Algumas ideias para apps são claramente boas para o usuário, mas eles mostraram que o aplicativo deles era interessante também para o outro lado, os fornecedores”, conta.  Os idealizadores do Peguei fecharam parcerias com restaurantes durante o próprio evento antes mesmo de a ferramenta estar no ar. “Eles articularam com os comerciantes e já distribuiram papelzinhos com os vale descontos”, disse Rocha.

 

O publicitário Diego Miranda participou da Startup Weekend e seu grupo acabou saido de lá com a segunda colocação. Ele conta que o formato da iniciativa, que propoe o desafio de agir e decidir com rapidez, tem suas vantagens. “É a oportunidade de ter um time completamente focado, durante dois dias, num único projeto. No dia a dia, isso dificilmente ocorre. Muitos empreendedores precisam conciliar seu novo projeto com o emprego atual até que sua nova empresa decole. É difícil conciliar agendas. Aí as ideias que você tem com amigos, por melhores que sejam, vão ficando em segundo plano até serem esquecidas”.

 

Eduardo Rocha explica que o objetivo da Startup Weekend não é criar empreendimentos, mas sim, empreendedores. Ou seja, a finalidade não é necessariamente sair de lá com um negócio pronto, mas com o entendimento do que é necessario para que isso aconteça. Uma boa ideia só não basta. É preciso compreender todo o processo. Miranda, concorda. “O maior benefício do Startup Weekend é despertar o interesse dos jovens por empreendedorismo. Eu já tinha esse interesse previamente, porém, ele saiu muito mais fortalecido após participar da competição. É impossível não nos perguntarmos ao final do evento: “Se conseguimos fazer tudo isso em dois dias, imagina o que somos capazes de fazer em um ano?”

 

O foco desta rodada da Startup Weekend foi em soluções voltadas para micro e pequenos empreendedores. A “batalha de ideias” foi realizada durante a Feira do Empreendedor, promovida pelo Sebrae Pernambuco, de 8 a 11 de outubro, no Centro de Convenções em Olinda. Os vencedores receberam diferentes premiações, entre elas, um mês gratuito no Impact Hub Recife, um ambiente de coworking e consultoria de especialista caso queiram dar continuidade aos projetos.

 

Veja aqui como funciona a Startup Weekend e como a iniciativa estimula empreendedores digitais a tirarem as ideias do papel.

feira