Segundo a EBIT – empresa brasileira especializada em informações sobre e-commerce – publicou em seu relatório semestral intitulado “WebShoppers”, o comércio eletrônico brasileiro faturou R$ 12,74 bilhões no primeiro semestre de 2013. Um aumento de 24% em relação ao mesmo período do ano passado.

Dentre as categorias mais vendidas, “Moda e Acessórios” é a campeã (13,7%). Mas não foi sempre assim. Esta categoria vem ganhando importância e fatias de mercado a cada ano. Isto levou muitos lojistas virtuais a considerarem bastante este segmento em seus negócios e estimulou a inserção de novas lojas de moda no comércio eletrônico.

e-commerce_moda_Digai

 

 

 

 

Continue lendo e veja neste artigo:

 

– Identifique questões importantes quando se pretende ter um e-commerce de moda;

– Tenha as questões respondidas por uma especialista nesta área.

 

Para os iniciantes no comércio eletrônico no segmento de moda, sejam aqueles que já possuem uma loja física e querem estar presente no canal online ou os que pretendem entrar direto no comércio eletrônico com sua loja virtual de moda, há alguns aspectos e questões que são de grande valia para se ter em mente antes de tudo:

 

  • SEO, sua importância e qual plataforma boa para utilizar as técnicas;
  • Links Patrocinados;
  • ROI;
  • Criação de Conteúdo ou utilização do texto padrão do fabricante;
  • Fazer em casa ou contratar;

 

Todo lojista virtual deve procurar saber se posicionar diante destas situações. Questões como estas podem ser esclarecidas com bate-papos com especialistas, seja em eventos ou amigos que já estejam na área, etc. Sobre isto falei em outro artigo que aborda 9 dicas para começar a vender bem na internet.

 

A propósito, hoje às 18h de Brasília (17h em Recife) haverá um Hangout de 1 hora promovido pela Eventos E Commerce com o tema “E-Commerce de Moda – Acerte mais erre menos”. Será uma entrevista ou bate-papo (como achar melhor) descontraído com a Ana Paula Passarelli, gerente de mídias sociais da Dafitti, com 10 anos de experiência no mercado de moda.

 

Faça sua inscrição para assistir a entrevista qui: http://bit.ly/1b3uvg9

 

Vale muito a pena assistir a entrevista e ainda pode ganhar um prêmio!

 

A EBIT prevê que o comércio eletrônico feche o ano de 2013 com um faturamento de R$ 28 bilhões. E só lembrando que este ano ainda tem a Black Friday (29 de Novembro) e o período de Natal.

 

_________

Referências:

EBIT – Webshoppers. 28ª edição. 2013.