Já parou pra se fazer essa pergunta? Será que você dá conta de tanta informação?

 

Mas você sabe o que é uma rede social? Na verdade nada mais é do que uma comunidade de pessoas atraída por interesses, afinidades, em comum. Até aí tudo bem, só que o problema está nas infinitas redes que existem e estão surgindo. Fica praticamente impossível uma única pessoa, por mais que ela seja viciada em “social media”, dar conta de tantas redes. É muita informação para alimentar e muito mais para digerir.

 

Exemplo: Pegue seu smartphone/tablet agora e veja quantos aplicativos de redes sociais você tem instalado nele. E aí, tem mais de 5? Deve ter, né? Mas você consegue dar conta, ou pelo menos postar uma vez ao dia alguma coisa em cada uma? Sim? Não? Talvez? Se parou pra pensar é porque você não dá conta, mas isso é o que acontece com a maioria das pessoas.

 

A resposta para tanta pergunta é só uma: Não temos tempo! A necessidade da informação em tempo real e o ataque de infinitos canais de comunicação a você não permite que tenhamos a atenção devida para cada coisa. Uma rede social é praticamente um filho, onde você alimenta, interage, reclama e gosta. E isso são apenas aquelas que você usa com mais frequência. Imagina as que você apenas se cadastrou, mas deixou de lado. Se pararmos pra dar atenção a todas as redes que participamos não há produtividade, não há estudo, não há vida off-line.

 

As redes sociais diferenciam-se de outras mídias, tendo em vista as inúmeras possibilidades de interação. Texto, vídeo, imagem, comentários formam um bombardeio de percepções, que nos deixam dependentes. “Quero saber se alguém falou comigo, qual a opinião do outro, se foi publicado algo relacionado a mim”, esse é vício.

 

Portanto seguem algumas dicas para evitar um intoxicação.

 

1- Não passe de 5 redes sociais a utilizar com frequência, repare que algumas têm basicamente o mesmo tema; Foto: Temos o Flickr, Instagram, Pinterest… Etc. Escolha uma que mais lhe agrada.

 

2 – Escolha os temas que mais lhe são úteis dentre os que você mais gosta. Isso mesmo, tente filtrar ao máximo como: Um pra foto, um pra texto, um pra chat, um de localização…

 

3 – Procure redes que tenham alguma sincronia com outras. Ex.: O Instagram tem vinculo com o Facebook, Twitter, Tumbrl… ou seja, o que você postar nele pode ser replicado nas suas outras contas, sem que perda tempo.

 

4 – Apesar da quase “obrigatoriedade” de se ter uma conta no Facebook, não adianta você ficar apertando F5 de um em um minuto pra ver se tem alguma notificação.
5 – A mais importante de todas; Poste algo com conteúdo. Mesmo que você não seja empresa, suas publicações devem ser relevantes – isso inclui escrever corretamente, beleza?

 

 

smartphone