Na semana passada estive em dois estados e me deparei com uma certa euforia de funcionários de empresas que, com o sonho da prosperidade empreendedora, investiram R$ 600, R$ 2890 e mais num negócio de Marketing Digital multimídia de retorno ultra-rápido – e que teria feito milionários em menos um ano – chamado TELEXFREE. Na sequência, apareceram outros similares que estavam retirando o dinheiro da economia formal.

 

Fiquei pensando como eu poderia ter ficado distante de um “movimento de empreendedorismo digital” tão intenso! Detalhe, fui convidado para participar e pensei: como seria o modelo de negócios desta empresa ? Como eles podem pagar tanto e tão rápido?
Comecei a levantar informações e no dia 19/06 me deparei com várias notícias da interdição judicial da Telexfree, que entre várias irregularidades destacam-se o estímulo à economia informal e um modelo de negócio não sustentável, que sugere uma pirâmide financeira, o que é crime contra a economia popular. Lembrei nesta hora que participei de uma pirâmide como tinha 13 anos e perdi todo meu dinheiro das férias e ganhei vários anos de zombaria. A partir daí, a minha pergunta mudou! Por que tem tanta gente que espera ganhar dinheiro rápido e fácil?

 

Mudei o foco da minha investigação e comecei por mim mesmo, afinal, trabalho há mais de 20 anos e foi através deste trabalho que conquistei e conquisto meus principais objetivos pessoais e profissionais. Busquei exemplos de outros empreendedores e me deparei com um vídeo do Silvio Santos falando algo parecido e lembrei de um dos homens mais rico do mundo Warren Buffet que aos 82 anos recomenda um crescimento patrimonial de 20% ao ano para atingir a independência financeira.

 

 

Reunindo estas experiências e mesmo sob os protestos daqueles que ganharam seus milhares ou milhões de reais através da Telexfree e Cia, revestindo esta atividade como “empreendedorismo digital”, compartilho algumas aprendizagens vivenciadas em empreendimentos digitais ou não-digitais.

 

1. OPORTUNIDADE é diferente de OPORTUNISMO. Oportunidades surgem de necessidades ou problemas REAIS que precisam ser resolvidos através de negócios.

 

2. CORRER RISCOS é diferente de ser AFOITO, empreendedores não gostam de jogos de azar ou coisas semelhantes. Lembra do meu amigo que comentei no post empreendedorismo: Sonho ou Opção ? Depois de mais 10 anos ele encontrou o tempo dele para começar a empreender…

 

3. O único lugar onde o SUCESSO vem antes do TRABALHO é no dicionário. (Einstein)

 

 

Acabo este post ainda mais convicto do verdadeiro papel das STARTUPs com modelos sustentáveis para a transformação social e econômica – e do cuidado adicional que os empreendedores digitais devem ter com as promessas de prosperidade instantânea.

 

Deseja saber mais sobre como criar empreendimentos online lucrativos? Assista a esse vídeo!