Já virou clichê falar isso, mas como dizem mundo a fora: “Política, religião e futebol não se discutem”. Pois é, você já deve ter escutado alguém falar isso, mas, pelo que parece, a marca de chocolate Danette não.

 

Após a vitória do Clube Atlético Mineiro por um placar elástico (4 x 1) em cima da equipe são paulina, a Danette publicou em sua fanpage uma imagem que continha a seguinte frase: “Poderia ser Danette, mas foi um chocolate no seu time de coração.”, conforme pode ser observado na imagem abaixo.

 

 

Danette zoa time são paulino

Danette zoa time são paulino – Fonte: Ad News

 

 

Obviamente, a Espalhe, agência que atende a marca nas redes sociais e gerencia o conteúdo da página, não tinha noção do marketing negativo que a publicação iria gerar. Com mais de 500 comentários, a maioria negativos, a Danette resolveu tirar a publicação do ar e tentou se retratar publicamente: “Pedimos desculpas a todos que se sentiram ofendidos com um post equivocado publicado hoje aqui na página da marca”. Afirmou, também, que respeita as reações e que “o conteúdo não reflete nossos valores e atitudes”. A atitude não surtiu efeito, seguidores da marca continuaram criticando a atitude equivocada na fanpage.

 

E não foi apenas a Danette que tentou se retratar, a própria agência Espalhe publicou um pedido formal de desculpas em sua página, mas sem sucesso.

 

Agência Espalhe pede desculpas por publicação

Pedido de desculpas feito pela agência Espalhe, no Facebook.

 

O mais curioso é que esse não foi o primeiro erro que a agência comete fazendo chacotas se referindo ao time do São Paulo Futebol Clube. Em uma ação anterior desenvolvida para o lançamento do Novo Fiat Uno, no Formspring, o canal fez uma brincadeira sarcástica sobre as cores disponíveis do veículo. Na época, a agência também retirou a publicação do ar, mas o Digaí traz um screenshot para você. 😉

 

Agência Espalhe faz chacota se referindo ao time são paulino

Espalhe tira sarro com torcedores do São Paulo. – Fonte: Ad News

 

Com todo esse buzz gerado na rede, o mínimo que podemos concluir é que há um estagiário corintiano na Espalhe. 😉