A vida tem coisas que nos apaixonam e outras a que não achamos graça nenhuma.

 

Se você é leitor do Digaí, provavalmente o marketing, os negócios e o empreendedorismo estão entre as primeiras.

 

Já as menos entusiasmantes incluem atividades que, infelizmente, todos temos que fazer às vezes. Do gênero lavar a louça. Esperar na fila do banco. Ficar parado no trânsito.

 

Eu ainda não tenho a fórmula para não ter que fazer essas coisas, mas há alguns anos descobri uma maneira de torná-las muito menos chatas. É simples: aproveito esse tempo para aprender sobre o que me interessa.

 

Como fazer isso? Ouvindo alguns dos muitos podcasts que há por aí com ótimo conteúdo de marketing, negócios, gestão, ferramentas digitais ou aperfeiçoamento pessoal. São entrevistas, conversas, palestras, cursos…

 

 

 

 

Há muito material áudio que permite ir aumentando o seu conhecimento enquanto os olhos e as mãos fazem outra coisa.

 

A seguir apresento-lhe alguns dos podcasts que costumo ouvir. Alguns são em português (de Portugal e do Brasil). Outros têm a vantagem adicional de servir para você treinar o seu inglês – na versão americana ou até na australiana.

 

É uma lista necessariamente limitada, mas queria desde já combinar uma coisa. Se você conhece outros podcasts interessantes sobre marketing e negócios que eu não incluí nas sugestões, deixe a sua dica nos comentários.

 

 

 

BONS PODCASTS EM PORTUGUÊS

 

Eric Menau, da Spark English, e Bruno Moreira, da eSauce, tratam semanalmente de temas ligados aos negócios online. O público-alvo são tanto empreendedores como profissionais de empresas que queiram melhorar sua performance.

 

Os temas incluem empreendedorismo, Marketing Digital, Criação de Sites, SEO, Redes Sociais e todo o tipo de ferramentas digitais.

 

Também há uma entrevista mensal com um empreendedor que partilha sua experiência na conquista de clientes, no aumento das vendas ou no desenvolvimento dos negócios.

 

 

  • 10 web (lê-se dez web ou desenvolvimento web)

Este é um podcast português de perfil mais técnico, com temas ligados ao desenvolvimento para a web.

 

Segundo os autores, tem “um olho no WordPress, outro nas Redes Sociais e um pezinho no CSS”. Mas, principalmente, “vontade de falar com profissionais desta área”.

 

 

Este é o podcast da Tracto, a agência paulista de content marketing liderada pelo Cássio Politi. Costuma ser uma conversa entre o próprio Cássio e André Rosa, mas frequentemente traz convidados externos que animam a discussão sobre temas ligados ao marketing de conteúdos.

 

Recomendadíssimo.

 

 

BONS PODCASTS EM INGLÊS

 

É um ótimo podcast em que Joe Polish, o empreendedor americano que montou o seu império a partir de uma empresa de limpeza de carpetes, conversa com Dean Jackson – outra estrela do marketing que começou pelos negócios imobiliários e nunca mais parou.

 

Dean Jackson, por curiosidade, é normalmente reconhecido como o sujeito que inventou a squeeze page.

 

A conversa é descontraída e bastante livre, às vezes em excesso: pode acontecer de se dispersarem e viajarem um pouco na maionese. Mas como ambos sabem muito, têm histórias interessantes e um caderno de contactos fenomenal, acaba sempre valendo a pena – seja pelos temas que eles próprios abordam, seja pelos convidados que às vezes aparecem.

 

 

Traz o mesmo Joe Polish ao lado de Dan Sullivan, conversando não tanto sobre marketing mas sobre as competências, atitudes mentais e hábitos de que um empreendedor precisa para “multiplicar por 10” o seu negócio.

As conversas aqui são mais curtas (30 minutos, mais ou menos) e focadas. Normalmente são muito interessantes: mesmo que você não concorde com as posições às vezes extremadas de Joe e Dan, aprende sempre algo a ouvi-los.

 

 

Tem também Dan Sullivan, só que em conversa com Peter Diamandis, o autor dos livros Bold e Abundance.

 

Peter Diamandis é o visionário dos visionários: está por trás da Singularity University, da nova corrida espacial impulsionada por dinheiro privado e de uma série de outras iniciativas que pareceriam totalmente delirantes se já não estivessem mesmo a acontecer e a mudar o mundo.

 

É esse nível de ambição que ele quer incutir nos seus leitores e ouvintes. Nem é preciso dizer que as conversas são tremendamente inspiradoras para qualquer empreendedor.

 

 

Ao contrário de outros marqueteiros, que usam os podcasts principalmente como um meio de divulgação de si próprios e das suas atividades principais, Michael Senoff fez das entrevistas que vai publicando um negócio em si próprio.

 

São conversas sobre marketing, vendas, negociação, copywriting e muitos outros temas, que ele usa como chamariz – grátis – para vender os produtos que promove nos intervalos. Esses anúncios não chegam a incomodar – primeiro porque as entrevistas são ótimas, mas também porque você sempre pode fazer fast forward.

 

 

Tim Ferriss ganhou fama com o best-seller “A Semana de 4 Horas” – mais um livro que você não pode deixar de ler. Não é que vá conseguir trabalhar só 4 horas por semana (o próprio Tim seguramente trabalha muito mais), mas vai aprender muito sobre como usar ferramentas, digitais e não só, para multiplicar a sua produtividade.

Depois desse livro Tim escreveu vários outros e tornou-se um investidor importante em Silicon Valley. É um personagem interessantíssimo, e as suas entrevistas também são.

Para o meu gosto um pouco ecléticas demais: nem sempre tenho paciência para as conversas sobre truques de cozinha e suplementos alimentares, dois dos muitos interesses de Tim.

Mas, no geral, os temas são fascinantes, e os entrevistados, que podem incluir Tony Robbins, Peter Diamandis ou o governador e exterminador do futuro Arnold Shcwarzenegger, também são.

 

 

Mark Imperial é um ex-DJ que encontrou uma forma muito interessante de promover a sua agência de marketing: ir além do podcast e criar um verdadeiro programa de rádio.

 

Descobriu que alugar um horário fora do prime time numa estação de rádio de Chicago não saía assim tão caro, e abria a possibilidade muito lucrativa de entrevistar potenciais clientes – que facilmente, a partir daí, se transformavam em clientes.

 

Algumas das entrevistas são bastante boas. E o modelo, para quem é empreendedor, é um ótimo exemplo de como o podcast e os seus derivados podem ser uma ferramenta de marketing sensacional. Quando é que você estreia o seu?

 

 

É o ótimo podcast de Pete Williams, um empreendedor australiano extremamente inteligente.

 

Creio que a sua primeira façanha notável nos negócios foi ter aproveitado a demolição do estádio do Melbourne Cricket Club para vender pedaços do carpete do estádio, emoldurados como relíquia histórica, aos fanáticos do clube. Um exemplo fantástico de como criar valor – neste caso, literalmente, de lixo.

 

No podcast Pete conversa com Dom Goucher, e é sempre interessante.

 

A única desvantagem é que você tem que se acostumar com o carregado sotaque australiano. Pode custar um pouco para engrenar, mas é um bom treino para a sua próxima visita à Oceania.

 


 

 

 

 

Pois é, por hoje é isto. Espero que você goste das sugestões e que nunca mais fique entediado quando tiver que enfrentar uma longa viagem de carro ou uma pilha de roupa para passar.

 

Mas estou ainda mais curioso de conhecer as suas próprias sugestões de podcasts interessantes que eu ainda não conheço. Deixe-as aqui nos comentários. Eu e os leitores do Digaí não vamos ter palavras para agracecer.