Depois de nos dar o maior serviço de busca do mundo e várias outras ferramentas (este texto foi escrito do Docs), agora o Google se preocupa em entregar, na sua casa, alimentos frescos. Com o projeto Google Express, começando na cidade de São Francisco, Estados Unidos, a empresa firmou parcerias com as companhias de alimentação Whole Foods e Costco para entregar em vans o pedido que você fez pelo site. O serviço já oferecia alimentos enlatados, em armazéns do Google, porém eles deram um passo a frente e quem pedir, terá vegetais e frutas orgânicas.

 

 

Google Brings Its Same Day Delivery Service To Los Angeles

 

 

 

 

Não são só alimentos

 

O Google Express é semelhante a qualquer canal de compra online. Antes, é necessário informar à sua região e código de zona, além da conta logada. Em seguida, aparecem vários produtos separados pelas lojas e tipo de produto, contendo alimentos, brinquedos, artigos para bebês, para beleza e etc. Destaca o preço dos itens, alguns até com desconto pelo site. O restante do processo é semelhante às outras plataformas, entretanto, existe o serviço à domicílio. Os alimentos orgânicos já foram adicionados ao site e existe o app do Express para Android e iOS.

 

Os clientes podem pagar uma taxa de entrega para cada ordem ou pagar por uma assinatura mensal ou anual que lhes permite receber frete grátis na maioria dos pedidos. E tem mais: “Temos o prazer de lançar o Google Express para mais de 25 milhões de pessoas, com entrega durante a noite, no Centro-Oeste, em seis estados diferentes e a área de Chicago. É isso mesmo. Illinois, Indiana, Iowa, Michigan, Ohio e Wisconsin: estamos chegando a uma porta perto de você”, afirma em seu blog oficial. Isso significa a extensão do serviço sendo que, futuramente, ampliado para todo o país e chegando até outros países – inclusive o nosso.

 

 

Algumas dificuldades…

 

 

google-express-960

 

 

 

Mas, temos concorrência à vista. O serviço de entrega pode bater de frente com a gigante Amazona e seu AmazonFresh, focado na área de alimentos que anda em operação desde o primeiro semestre e conseguiu emplacar em mais cidades, saindo na frente. Será necessário oferecer algo a mais que a concorrente, até porque os clientes podem estar acostumados já com o oferecimento e atendimento. Há alguns canais de mídia norte-americano que existem outras parcerias com outras redes de lojas como  Barnes & Noble, Kohl, PetSmart, e Walgreens, redes grandes que podem aumentar a credibilidade da plataforma.

 

Outro detalhe a ser visto será a distância dos moradores. Se um usuário mora em uma área de difícil acesso ou muito longe, a entrega pode ser comprometida. Alimentos perecíveis podem precisar de refrigeração e, mesmo com a van equipada, pode comprometer a durabilidade do alimento. A receita e custo de manter tais alimentos é um quesito importante: mais pedidos, mais cuidados, maior refrigeração e maior cuidado com a integrade de cada um.

 

Mas é um serviço muito interessante, que pode dar certo em qualquer país, apenas tendo a estrutura certa, muitas e muitas vans e parcerias com boas empresas para fazer um bom trabalho. Imagina a praticidade de ainda no trabalho conseguir fazer as compras do mês? Já quero na minha cidade!