Facebook anunciou a compra da Oculus VR, fabricante dos óculos de realidade virtual Oculus Rift, por US$ 2 bilhões, sendo US$ 400 milhões em dinheiro e a outra parte do montante cerca de US$ 23 milhões em ações do próprio Facebook que tem valor estimado em US$ 1,6 bilhões.

 

Mark Zuckerberg mostrou estar bastante disposto e empolgado com a aquisição. Em um post em seu perfil pessoal ele revela:

 

“A realidade virtual já foi um sonho de ficção científica. Mas a internet também já foi um sonho, bem como foram computadores e smartphones. O futuro está chegando e nós temos a chance de construir isso juntos. Estou ansioso para começar a trabalhar com toda a equipe da Oculus VR para trazer esse futuro ao mundo, e para desbloquear novos mundos para todos nós.”

 

Sabemos que o Facebook tem como meta expandir as funções do óculos para diversas áreas como educação, comunicações, mídia e entretenimento.

 

Em nota oficial a empresa afirma que pretende usar a realidade virtual como a próxima plataforma social e de comunicações:

 

“Nossa missão é tornar o mundo mais aberto e conectado. Nos últimos anos isso implicava na criação de aplicativos que ajudam você a compartilhar coisas importantes. Ainda temos muito a fazer no ambiente mobile, mas, nesse ponto, estamos em uma posição em que precisamos começar a focar em plataformas que serão ainda mais úteis no futuro, para experiências pessoais e de entretenimento. É aí que entra o Oculus Rift.”, disse o CEO e cofundador do Facebook.

 

Outro fato interessante é que a Oculus VR vai continuar a operar independente, desenvolvendo assim sua tecnologia focada em games, então se você sonha em jogar imerso em realidade virtual pode ficar tranquilo!

 

Assim como o Zuca, estamos ansiosos para ver o resultado dessa aquisição, e você?