Com tantas empresas buscando interagir cada vez mais com o seu público, fica difícil para aquelas que não estão dando tanta importância a esse aspecto. E, mais uma vez, a Uber vem nos surpreendendo, agora com estratégias para prevenir os assédios que as mulheres sofrem todos os dias.

O Uber abraça diversas causas, como já se sabe, mas dessa vez o seu público feminino foi o principal assunto de ações e propagandas realizadas no intuito de conscientizar os motoristas colaboradores da empresa.

uber-motorista

Uber esclarece algumas faces do assédio

De acordo com informações do blog que foram repassadas aos motoristas, a Uber elaborou algumas recomendações e explica um pouco sobre o assédio e as diversas formas que ele pode se apresentar. Confira!

O assédio acontece de diferentes formas. Muitas vezes, atitudes aparentemente inocentes não são percebidas pelos homens como formas de assédio ou violência, mas causam desconforto e insegurança para as mulheres. Para evitar que isso aconteça e prestar um serviço ainda melhor, é essencial entender quais atitudes são assédio, durante o transporte das usuárias.

lista-uber-01

lista-uber-02

Além dos motoristas, a Uber pede ajuda dos passageiros

Diante do texto divulgado em seu blog, a Uber deixa claro o quanto está ciente dos assédios diários que as mulheres sofrem e pede ajuda aos usuários com algumas atitudes que podem ser tomadas para tornar a experiência das passageiras ainda mais segura e livre do assédio.  

Abaixo seguem as dicas repassadas pela empresa:

Motorista 5 estrelas usa a tecnologia para mostrar segurança:

  • Pergunta se a passageira tem preferência de rota e deixa a rota visível para ela (Imagem de celular com rota).
  • Só encerra a viagem quando chega ao destino final e não muda a rota sem a passageira pedir.
  • Disponibiliza um cabo de carregar celular para que ela não fique sem bateria.
  • Lembra que ela pode compartilhar o trajeto com seus contatos de segurança.

Motorista 5 estrelas trata a usuária com educação e atende às suas preferências:

  • Só desenvolve algum diálogo se ela inicia, evitando entrar em discussões negativas ou comentários íntimos.
  • Evita som alto e rádios com conteúdos obscenos, como palavrão ou sexo.
  • Pergunta se ela tem uma preferência por alguma estação ou estilo musical.
  • Na dúvida, é melhor exagerar na formalidade do que ser grosseiro.

Motorista 5 estrelas dá privacidade e apoia à usuária quando ela solicita:

  • Se ela parece estar com algum problema, como discutindo ou chorando ao telefone, procura ajudar apenas se ela pedir.
  • Se ela pede orientação sobre como denunciar assédio ou alguma outra violência, lembra que ela pode ligar para o número 180.

Motorista 5 estrelas mantém a segurança quando a usuária está vulnerável ou em situação que lhe expõe a perigos:

  • Se ela parece ter bebido ou demonstra estar alterada, mantém o profissionalismo.
  • Evita ficar muito tempo parado no mesmo local após ela desembarcar, mesmo à noite.
  • Evita comentar que o local em que ela estava é perigoso ou que ela não deveria estar na rua àquela hora.

E aí, amiga, o que achou da atitude da Uber?