Um dos aplicativos mais conhecidos do momento é o Tik Tok, aplicativo onde os usuários compartilham vídeos, na grande maioria, de humor e música. No entanto, a febre mundial tem dado trabalho para muitos jovens de países afora, e agora a plataforma pode ser banida na Índia.

Isso tudo vem acontecendo porque o Tik Tok tem sido utilizado por muitos usuários que promovem o cyberbullying e compartilham conteúdos de sexo explícito, fazendo com que o poder público da Índia cogite o banimento definitivo do app.

tiktok-problemas

Fonte: Pixabay.com

Tik Tok vem dando dor de cabeça

De acordo com o The Verge, o app tem sido usado de diversas formas por todo o mundo, e, infelizmente, não é nenhuma novidade que conteúdo de agressão seja compartilhado por ele. Existem, também, registros de usuários que estavam utilizando o Tik Tok para compartilhar conteúdo preconceituoso e racista.

Foram registrados relatos de jovens que cometeram suicídio por conta do cyberbullying realizado dentro da plataforma, tendo causado comoção social. E em resposta a essa crise, algumas autoridades da Índia buscam proibir o uso do aplicativo no território, por promover “degradação cultural” de jovens e adolescentes.

logo-tiktok

O que eles têm a dizer

A equipe do The Verge entrevistou um porta-voz da empresa que cuida do app. Ele informou estar analisando a contratação de um colaborador local para lidar com essas questões, dizendo:

“Nós temos medidas robustas para proteger os usuários daqueles que utilizam o app indevidamente, incluindo uma simples ferramenta de denúncia que permite que usuários e agentes da lei denunciem quaisquer conteúdos que violem os termos de uso”.

Banir o Tik Tok não será o mais provável, mas, sim, uma parceria entre a lei e o app, para que dessa forma os usuários que têm como objetivo disseminar o ódio tenham seus conteúdos controlados e, dependendo da proposta, excluídos. Hoje, a Índia é um dos países que têm mais usuários do Tik Tok, tendo em média 20 milhões de usuários.  

E aí, amigo, o que acha da atitude tomada pela Índia?