Recentemente falamos um pouco aqui no Digaí sobre a expectativa do comércio para o período do Black Friday. Em uma das matérias, falamos sobre a possibilidade do evento ser antecipado para o mês de outubro (ele ocorre sempre na quarta quinta-feira de novembro), mas uma pesquisa recente do site de comparação de preços Zoom mostrou que isso não agradaria muito o consumidor brasileiro.

A empresa fez um levantamento com a participação de quase sete mil pessoas, a fim de descobrir preferências e opiniões referentes à Black Friday. Para 57% dos participantes, o mês de novembro é o período ideal, e para aproximadamente 1.400 pessoas, outubro ou dezembro seriam os meses mais indicados.

pesquisa black friday novembro

Resultados da pesquisa

Entre os 43% das pessoas que disseram preferir outra data para que o evento ocorresse, 81% revelou que se isso acontecesse eles gastariam mais em compras. Dessa parcela, 31% afirmaram que estaria disposto a investir mais de R$ 2 mil reais em produtos, e 32% gastariam mais de R$ 1 mil reais.

Para Thiago Flores, diretor executivo da Zoom, “os consumidores brasileiros cada vez mais reconhecem a Black Friday como uma oportunidade de encontrar ofertas relevantes para comprar o que desejam”. Sendo assim, mudar de data seria arriscado, pois o Black Friday já está consolidado no mercado nacional como uma época perfeita para fazer compras, já que o natal vem logo em seguida.

pesquisa black friday novembro 01

Análise da pesquisa

Segundo a pesquisa, 24% dos participantes opinaram que o primeiro semestre seria melhor do que os últimos seis meses do ano para que a Black Friday acontecesse. Ou seja, a grande maioria (76%) concorda que o segundo semestre é o ideal. Isso pode ser justificado pela proximidade da data com o natal e pelo fato dos gastos pessoais serem mais altos nos primeiros meses do ano.

Sendo assim, as pessoas ficam menos propensas a gastarem com itens pessoais ou para casa, que são os produtos mais procurados no Black Friday. O empresário deve aproveitar a expectativa do consumidor para os últimos meses do ano e investir em atrair a atenção do público, já que a concorrência nessa época é muito alta.

E aí, empreendedor, você está pronto para a Black Friday?