O YouTube se tornou umas das plataformas de vídeo de maior sucesso na internet desde a sua criação. Para você ter uma ideia, diariamente são vistos mais de 1 bilhão de horas de conteúdo quando somados todos os vídeos. E é por causa desses resultados que nos últimos anos muitas empresas começaram a utilizar a rede para a divulgação de produtos e serviços.

Mas há pouco tempo, o Google, empresa a qual pertence o YouTube, fez um anúncio que pode influenciar a relação entre marcas e quem publica vídeos. A decisão da companhia foi punir conteúdos que de alguma forma possam ser controversos ou causar algum tipo de conflito. Embora a empresa tenha divulgado isso em Junho, apenas no fim de Agosto é que a medida começará a produzir efeito.

youtube punir videos ofensivos

Punição a Conteúdos Controversos

Não se sabe ao certo como será feita a avaliação aos vídeos colocados na plataforma, mas as punições já foram definidas. Entre elas estão a proibição de poder publicar algum tipo de anúncio, e mesmo que isso seja feito, o youtuber responsável não será capaz de ter acesso ao dinheiro.

Além dessa medida, os comentários também serão desativados e os vídeos não poderão ser reproduzidos em nenhum outro site. Dessa forma, quem quiser colocar algum conteúdo no próprio site deverá analisar as condições do material. Não é de hoje que o site se preocupa com o conteúdo que é produzido pelos criadores, há algum tempo atrás, a plataforma já tinha anunciado que iria se unir a outros gigantes da internet para combater o terrorismo na rede.

Maior Responsabilidade na Produção de Vídeos

Isso obriga as pessoas que produzem conteúdo no YouTube a terem mais responsabilidade no momento de criar o vídeo. Sabendo que eles estão sendo avaliados e que há uma punição severa que pode resultar em bloqueios financeiros, os produtores de conteúdo vão pensar melhor no planejamento do que vai ao ar antes de colocar algo na plataforma. Isso não vai garantir que os vídeos tenham uma melhor qualidade no seu conteúdo, mas que não venham a violar as políticas do site.

E você amigo, o que achou dessa nova medida do Google? Acha que surtirá efeito positivo nos conteúdos da plataforma?