A Rede Social mais popular do mundo anunciou, na última quarta-feira (12), a abertura de mais um canal em seu território digital para a inserção de publicidade.

Vale lembrar que, no mês passado, o Facebook surpreendeu a todos com sua ousada estratégia para “segurar” seus usuários na rede: a introdução de vídeos streaming. E a gente contou todos os detalhes, que você pode ver clicando aqui. Agora os anúncios serão vinculados no meio mais pessoal de interação do Facebook: entre as conversas do Messenger. Isso é tão Black Mirror.

O objetivo da proposta é tornar o serviço de chat da Rede Social mais uma forma de monetização da empresa, visto que, tem um alto potencial de alcance com seus mais de 1,2 milhões de utilizadores mensais.

O Messenger Ads já passou por diversos testes na Tailândia e na Austrália e obteve ótimos resultados. A novidade está prevista para ser lançada ainda este mês nos demais países.

messenger ads

Anúncios no Messenger já não existiam?

Sim, o aplicativo de conversas do Facebook já possuía anúncios desde novembro de 2016, mas em outros moldes. No formato antigo as empresas tinham a opção de fazer com que, quando um usuário clicasse em um anúncio, abria a janela do Messenger e se iniciava uma conversa em vez de enviarem os utilizadores para uma página Web.

As restrições desse formato antigo são relacionadas à agilidade de resposta pela empresa: caso o usuário clicar em um anúncio e iniciar uma conversa, a empresa tem até 24h para falar com o utilizador.

Messenger Ads

O novo Messenger Ads permite às empresas veicularem anúncios intercalados entre as conversas que os utilizadores têm no Messenger. Ao clicar num, o usuário será redirecionado para o site da empresa ou descobrirá mais sobre determinado produto ou serviço.

Além disso as empresas poderão “vender” sem sair da plataforma de mensagens através de uma conversa com um programa automático de mensagens (Chatbot) que será disponibilizado.

As empresas poderão, ainda, selecionar os públicos e horários específicos em que irão enviar mensagens.
Caso os usuários considerem alguma conversa automática ou anúncio interessantes poderão também compartilhá-las com os amigos.

E aí, amigo, o que achou dessa novidade do Facebook? Vai te ajudar no seu negócio?